Polí­tica

Foto: Divulgação

Tomou posse ontem, quinta-feira, dia 31, em Palmas, durante sessão plenária, como Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE), a desembargadora Willamara Leila de Almeida, que vai suceder no exercício do cargo a desembargadora Dalva Magalhães, falecida na semana passada, em Goiânia, vítima de uma parada cardíaca.

Juíza substituta do TRE da classe dos desembargadores, Willamara Leila foi inicialmente empossada como membro titular da Corte para ocupar a vaga aberta, e, em seguida, diante da desistência do desembargador Antônio Félix de concorrer ao cargo, foi aclamada a nova presidente do TRE. A desembargadora vai presidir as eleições municipais deste ano no Tocantins e cumprirá o mandato de sua antecessora que se encerra em junho de 2009.

Após prestar juramento e ser saudada pelos demais juízes da Corte, Willamara Leila agradeceu a confiança nela depositada e afirmou que não poderia, diante da escolha do seu nome, se furtar à responsabilidade a ela confiada. Ela disse ainda que jamais será capaz de “suprir a lacuna” deixada pela desembargadora Dalva Magalhães.

Natural de Goiânia, Goiás, Willamara Leila formou-se em Direito pela Universidade Católica de Goiás, exerceu a advocacia e, mais tarde, após ingressar na magistratura, tornou-se a primeira juíza da Capital provisória do estado, Miracema do Tocantins. Promovida a desembargadora em 1998, Willamara Leila exerceu o cargo de corregedora do Tribunal de Justiça do Estado no período de 2005 a 2006.

 

Fonte: TRE