Polí­tica

Foto: Divulgação

Em coletiva na tarde desta sexta-feira, 29, o candidato a prefeito de Palmas Marcelo Lelis (PV), disse que vai pedir, na Justiça, a retratação contra os sindicatos que espalharam, na cidade, panfletos que insinuam, uma suposta participação do candidato na ação encaminhada pelo PSDB nacional contra a forma de recontratação de pessoas em cargos comissionados, efetuada pelo Governo do Estado.

“Quero lembrar que esta questão, embora da maior importância, é da alçada do Governo do Estado e cabe ao Executivo resolver”. E acrescentou: “ a autoria da ação foi tomada isoladamente e, embora o PSDB faça parte da coligação que me apóia, não fui consultado e, se fosse, não concordaria com esta ação . Tenho o maior respeito pelos funcionários públicos, fui e sou aliado de suas causas. A população de Palmas e do Tocantins sabe disso”.

Lelis destacou como prova, a ação que impetrou junto ao Supremo Tribunal Federal para assegurar o recebimento do aumento de 25% dado pelo governador e retirado em seguida. “Já obtivemos parecer favorável da Advocacia Geral da União e estamos cobrando da Procuradoria Geral da República o seu parecer e envio ao Supremo, para julgamento”, esclarece.

O candidato lembrou também, aos jornalistas, de suas lutas contra denúncias de perseguições e tentativas de intimidação dos funcionários. “Muitas vezes acontecidas nestes últimos anos e que encontraram em mim, os sindicatos são provas disso, um companheiro aliado que sempre se colocou à disposição, como vereador ou deputado”.

Marcelo Lelis finalizou dizendo que a distribuição dos panfletos reflete a ação de adversários que ficaram desesperados com seu crescimento nas pesquisas. “Eles querem a todo custo me intrigar com os funcionários públicos e, acima de tudo, tentam me desviar do caminho vitorioso que estamos percorrendo com o apoio do povo de Palmas” desabafou.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa União do Tocantins

Por: Redação

Tags: Coletiva, Marcelo Lelis, Política, Sindicato