Geral

Foto: Divulgação

Representantes dos setores produtivos dos 12 municípios envolvidos pela Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito) e de instituições comerciais, industriais e financeiras do Maranhão e Tocantins, participaram dos Encontros de Debates dos Planos de Marketing Turístico e Fomento às Atividades Locais, promovidos pelo Consórcio Estreito Energia (Ceste), em Carolina, Estreito e Palmeirante.

Os debates deram continuidade aos trabalhados para elaboração do Plano de Marketing Turístico Regional e do Plano de Oportunidades de Investimento e Fomento às Atividades Locais, que foram iniciados nos encontros preparatórios realizados em Palmeiras do Tocantins, Barra do Ouro e Babaçulândia no mês de outubro, quando os participantes elencaram mais de 50 ações para o desenvolvimento sustentável da região influenciada pela UHE Estreito.

Essas ações foram divididas em eixos temáticos relacionados às áreas de turismo, artesanato, serviços, agricultura familiar e pequenas propriedades rurais, preservação ambiental e empreendedorismo. Os temas foram apresentados nos Encontros de Debates, pelos técnicos da CNEC (empresa contrata pelo Ceste para desenvolver esse trabalho).

Diante dos temas apresentados, os participantes passaram a estruturar as ações em projetos, identificando a viabilidade de cada um, bem como os custos, os prazos e locais de execução, o público-alvo e as possíveis instituições parceiras.

Para a presidente da Associação Educacional de Estreito, Delfina Oliveira de Souza, o CESTE proporcionou um importante envolvimento com os setores econômicos. “O encontro deu um subsídio a mais para que possamos nos organizar melhor tendo em vista o desenvolvimento da cidade promovido com a chegada da UHE Estreito”, disse a presidente da Associação, que tem uma linha de atuação na área do artesanato.

O assessor de Planejamento do SENAC/Tocantins, Jair Júnior, ressaltou a responsabilidade social do Ceste. “Acho interessante essa iniciativa de fomentar com a população local, as inúmeras possibilidades advindas pelo empreendimento, principalmente no setor turístico”, disse acrescentando que o SENAC (TO) poderá contribuir com cursos de capacitação.

“A intenção do Consórcio é mesmo a de fomentar as associações, cooperativas, micros e pequenos empresários da área de abrangência da UHE Estreito para que a comunidade em geral seja beneficiada com a gama de oportunidades geradas pelo empreendimento”, destaca a Gerente de Projetos Econômicos do Ceste, Cassandra Gelsomino Molisani. .

Como o intuito de ilustrar aos participantes os diferenciais que a região possui, foi servido café-da-manhã e almoço com alimentação típica e sorteio de artesanatos produzidos na região.

Visita ao Canteiro

Recentemente, na sala de reunião do canteiro de obras, o Consórcio realizou uma reunião prévia com os representantes de instituições comerciais e industriais do Tocantins e Maranhão, como SEBRAE, SENAC, SESI, que foram convidados a participar dos Encontros de Debates. Na ocasião, eles conheceram o andamento das obras da casa de força, do mirante do canteiro, na margem direita do Rio Tocantins.

Fonte: Assessoria de Imprensa UHE Estreito

Por: Redação

Tags: turismo, UHE Estreito