Geral

Foto: Wesley Silas

Depois de uma suposta pane no trem de pouso, um avião (UTI Aérea), modelo Mitsubishi, prefixo PT WST, vindo de Goiânia com destino a Araguaína fez um pouso forçado na noite desta quinta-feira, 08, no aeroporto Jacinto Nunes da Silva, em Gurupi.

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Gurupi e o Samu montaram um esquema de socorro para atender as cinco pessoas que estavam na aeronave da Sete Táxi Aéreo; sendo elas uma médica, um enfermeiro e a tripulação. Depois de um bem sucedido pouso todos saíram ilesos e os os bombeiros fizeram o resfriamento da pista.

Segundo o comandante da aeronave, Humberto Santos Farias, no momento da aterrissagem para abastecimento em Gurupi, o avião apresentou problemas no trem de pouso e, para não pegar fogo pelo atrito da aeronave com o solo, teve que sobrevoar 1h 20min para queimar o combustível. "Na hora do pouso a rodinha bateu no chão e entrou para dentro da estrutura e daí nós usamos o procedimento de emergência que é queimar combustível no máximo para que na hora do pouso possamos ter toda segurança", disse o comandante.

Aeroporto fechado

O comandante Farias, 36 anos, disse que tem mais de 7 mil horas de vôo e, em 11 anos de profissão foi a primeira vez que aconteceu um incidente tão grave. "Agora é comunicar à nossa engenharia e a partir de agora o aeroporto está fechado para pouso e decolagem. Vamos chamar a Infraero para fazer todos os procedimentos", informou

 

Fonte: Atitude Online

 

 

Por: Redação

Tags: Aeroporto, Gurupi, Samu, UTI Aérea