Polí­tica

Foto: Divulgação André Costa (PMDB) presidente da Câmara de Porto Nacional André Costa (PMDB) presidente da Câmara de Porto Nacional

A Câmara Municipal de Porto Nacional adotou uma série de medidas visando modificar suas ações administrativas. O presidente da Casa, vereador André Costa (PMDB), resolveu cancelar qualquer pagamento através de cheque.

Um convênio foi firmado com o Banco do Brasil e a partir de agora o pagamento de fornecedores é feito exclusivamente por ordem bancária depois de realizada a prestação de serviço ou a entrega de qualquer produto à Câmara. “Desta forma, o fornecedor que já terá de ter fornecido toda a documentação da empresa, conforme prevê a legislação, emite a nota fiscal e o pagamento é feito através de depósito em conta corrente”, explica André.

Todos os funcionários da Câmara também passaram a ter conta bancária para receber os pagamentos em conta corrente e não mais via cheque. Eles também passam a receber os contra-cheques que não eram fornecidos, apenas assinavam um recibo. “Antes, se o funcionário precisasse comprovar renda, teria que pedir uma declaração de que era servidor da Câmara”, afirma o presidente.

A Câmara conta agora com um sistema que funciona como um gerenciador on-line, onde o presidente da Casa autoriza os pagamentos sem a necessidade de ir ao banco. A Casa está sendo totalmente informatizada, inclusive com acesso à internet em todos os gabinetes de vereadores e um ponto exclusivo para atender a comunidade no “Ponto Digital”, a ser instalado no hall de entrada da Câmara.

O presidente da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas – de Porto Nacional, Flávio Macedo, elogiou a postura do Presidente da Câmara. “Parabenizo o vereador André Costa por ser um jovem de idéias avançadas, no sentido de renovar, dar cara nova à Câmara Municipal, dar transparência à Câmara que estava precisando”, declarou.