Estado

Foto: André Camargo

O prefeito de Goiatins, Neodir Saorin (PSDB), se reuniu nesta terça-feira, 17, com o senador João Ribeiro (PR), em Brasília, para discutir estratégias para retirar o município da inadimplência. Goiatins não pode receber recurso federal por não ter enviado a prestação de contas dos recursos para a merenda escolar e transporte escolar desde 2007.

O senador João Ribeiro colocou o seu gabinete em Brasília a disposição do prefeito Neodir para agilizar os trâmites legais com a finalidade de regularizar as contas da prefeitura e facilitar o andamento dos projetos.

Um dos projetos da prefeitura que depende da normalização das contas é o programa de reforma e ampliação de cinco escolas municipais no valor de R$ 600 mil junto ao FNDE/Ministério da Educação.

Previsto no Orçamento 2008. As obras dependem apenas da regularização das contas. Segundo o prefeito Neodir, são quatro escolas localizadas nos povoados de Goiatins e uma estabelecida na sede do município. Neodir ressaltou que a escola Alfredo Nasser, localizada no centro do município, já teve uma primeira reforma emergencial com recursos da própria prefeitura. “Como não podemos receber recursos federais e o governo estadual não ajudou, fui obrigado a tomar uma atitude afim de não permitir que a escola fechasse suas portas”, explicou o prefeito.

Além da escola municipal, Neodir Saorin contou ao senador que, ao assumir a prefeitura, encontrou a cidade em estado de “semi abandono”. O prefeito disse que depois que assumiu “já retirou mais de 1.200 carradas de lixo das ruas da cidade”.

Com outras obras de urbanização, o prefeito disse que “pouco a pouco a cidade tem apresentado a mesma beleza de antes”. Neodir convidou o senador a conferir as mudanças agendando uma visita ao município o mais breve possível.

Orientado pelos técnicos do gabinete do senador João Ribeiro, o prefeito deixou Brasília esperançoso que no prazo de um mês possa regularizar as contas da prefeitura e voltar a receber recursos do Orçamento da União.

Fonte: Assessoria de Imprensa sen. João Ribeiro