Palmas

As inscrições para a terceira edição do Projeto Palmas para a Igualdade Racial estão abertas até o próximo dia 27. A prefeitura de Palmas resolveu prorrogar o prazo para possibilitar o acesso de mais pessoas ao projeto que beneficia jovens e adolescentes de baixa renda, negros, afrodescendentes, indígenas e ciganos, com idade entre 14 e 18 anos, com cursos semi-profissionalizantes e apoio ao primeiro emprego.

Para se inscrever, os interessados devem procurar a Coordenação Pedagógica da sua escola, preencher a ficha de inscrição e anexar as cópias dos documentos exigidos: Certidão de Nascimento; Cédula de Identidade; Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), comprovante de endereço residencial (conta de água ou energia), comprovante de abertura de conta corrente ou de poupança, em nome do inscrito, efetuada no Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal, podendo ser conta do Bolsa Família ou de outros programas sociais e uma foto colorida tamanho 3x4 colada na ficha de inscrição. O responsável legal deverá autorizar a participação do candidato, com assinatura na ficha de inscrição.

Mais informações sobre o programa estão contidas no edital, disponível no portal da Coordenação da Mulher, Direitos Humanos e Equidades (Comudhe), no site da prefeitura de Palmas (www.palmas.to.gov.br).

Projeto

O projeto Palmas pra Igualdade Racial é desenvolvido pela prefeitura de Palmas, através da Comudhe, com o objetivo de promover o acesso dos jovens e adolescentes ao mercado de trabalho, oferecendo formação em cursos semi-profissionalizantes, com apoio ao primeiro emprego.

Nesta edição, o programa beneficiará 60 alunos e estes participarão de cursos com abordagem sobre Cidadania e Direitos Humanos, Sexualidade, Computação, Saúde Preventiva, Marketing Pessoal e Marketing do Primeiro Emprego. Durante três meses, os contemplados receberão uma bolsa auxílio mensal no valor de R$ 50,00.

Para participar do projeto, o estudante deve estar regularmente matriculado em alguma das escolas da Rede Pública Municipal de Ensino de Palmas.

Fonte: Ascop

 

 

Por: Redação

Tags: Comudhe, Palmas, Prefeitura de Palmas