Palmas

Foto: Divulgação

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) vai oferecer para a população, o teste rápido de diagnóstico de HIV/AIDS, a partir desta segunda-feira, às 8:30, no Núcleo de Assistência Henfil, à Quadra 108 Norte, Alameda 10, Lotes 25 e 27.

O exame, que é feito a partir de gotas de sangue, que são retiradas dos dedos das mãos, leva em média, 30 minutos para emitir resultado de soropositividade para o HIV. Antes e depois do exame, o paciente passa pelo aconselhamento, ação educativa em saúde baseado numa relação de confiança, entre profissional e cliente, realizado por profissionais de saúde do CTA Centro de Testagem e Aconselhamento da Semus, que funciona dentro do Núcleo Henfil.

“O diagnóstico precoce da Aids é de extrema importância para barrar o avanço da doença, disseminado por pessoas que não têm conhecimento quanto ao próprio estado sorológico, e para se iniciar o quanto antes, o tratamento pré-natal, com anti-retrovirais, reduzindo as chances de transmissão do vírus da mãe para o filho, explica o Secretário Municipal da Saúde, Samuel Bonilha.

Prevenção

De acordo com Monica Bandeira, responsável técnica das DST/AIDS, “a prevenção é ainda a mais forte arma contra doenças sexualmente transmissíveis e o diagnóstico precoce do HIV e das DST é muito importante para que o tratamento tenha eficácia, evitando complicações e assegurando maior qualidade de vida às pessoas infectadas”, assegura.

AIDS

A AIDS, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, é transmissível através do sangue, sêmem, secreção vaginal e leite materno contaminados. Se manifesta após a infecção do organismo humano pelo vírus da Imunodeficiência Humana, o HIV. É uma doença complexa, uma síndrome, que não se caracteriza por um só sintoma. Na realidade, o vírus HIV destrói os linfócitos - células responsáveis pela defesa do organismo -, tornando a pessoa vulnerável a outras infecções e doenças oportunistas, chamadas assim por surgirem nos momentos em que o sistema imunológico do indivíduo está enfraquecido.

Estão em tratamento no Núcleo de Assistência Henfil, 480 pacientes com HIV positivos, oriundos da Capital e do interior do Estado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Semus

 

Por: Redação

Tags: Palmas, Samuel Bonilha, Saúde, Semus