Geral

Quinze matérias foram apreciadas na ordem do dia desta terça-feira, dia 7 na Assembleia Legislativa. O requerimento do peessedebista Stalin Bucar, por exemplo, encaminha um anteprojeto de lei ao Executivo, sugerindo medidas que regulamentam o descarte de lâmpadas fluorescentes no Tocantins.

A sugestão de implantação do Projeto “Começar de Novo”, do Conselho Nacional de Justiça –CNJ -, no Tocantins, foi feita pelo deputado Sandoval Cardoso (PMDB). A medida deve ser efetivada, por meio de parceria entre a Secretaria da Cidadania e Justiça e o CNJ, com o objetivo de inserir os ex-presidiários no mercado de trabalho, além de diminuir a reincidência criminal e oferecer capacitação profissional.

Já a construção de feira coberta em Rio da Conceição e o retorno de recursos financeiros destinados aos hospitais de pequeno porte do Estado são os pedidos do presidente da Casa, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB). A proposta de destinação de obras de infra-estrutura para a Avenida Taquaruçu, em Palmas, é de autoria de José Geraldo (PTB).

Em duas matérias, o deputado Fábio Martins (PDT) recomendou a construção do 5º Batalhão da Polícia Militar – 5º BPM - em Porto Nacional, e o aumento do efetivo policial, de envio de armas e de demais equipamentos militares para Aliança do Tocantins, Fátima e Monte Santo.

Outra proposta foi apresentada pelo democrata Paulo Roberto que sugeriu a abertura de convênio entre Estado e Prefeitura de Aparecida do Rio Negro para a construção de uma ponte sobre o Córrego Papagaio.

Fonte: Dicom/AL