Estado

Foto: Louise Maria

Depois de quase 100 anos, o aposentado Sérgio Ribeiro de Souza, 86 anos, pai de 10 filhos e avô de 150 netos, conheceu o prazer de habitar uma casa de cimento e telha. Sérgio é o morador mais antigo da comunidade de descendentes de quilombolas do Prata, distrito do município de São Félix do Tocantins, região do Jalapão, e ganhou uma das 35 casas populares que o governador Marcelo Miranda entregou à comunidade, como resgate de parte de uma dívida social do Estado com os descendentes de negros escravos no Tocantins.

Entregar a casa para o descendente de quilombola Sérgio Ribeiro de Souza foi o momento que mais marcou o governador Marcelo Miranda, segundo ele, durante a agenda de inaugurações desta quarta-feira, 26, quando entregou um total de 255 casas à população dos municípios de São Félix do Tocantins, Lizarda e Mateiros. As casas foram construídas através do PAC – Programa de Aceleração do Crescimento, em parceria com o governo estadual e prefeituras, e receberam recursos totais de R$ 6,32 milhões, sendo R$ 1,72 milhão do governo estadual.

“Nós já fizemos tantas obras importantes neste Estado, mas eu posso dizer que a obra maior está aqui, com o resgate da cidadania. Ouvir do senhor Sérgio, que mora no distrito do Prata há mais de 80 anos, a alegria dele em receber uma casa e poder acolher sua família com dignidade. Só posso dizer que estou muito feliz”, afirmou o governador.

Sérgio Ribeiro contou que se emocionou com a presença do governador e comitiva na sua comunidade e agradeceu as ações do governo estadual no local. “Antes, morava numa casinha de adobe, trabalhava na roça, plantando minha mandioca, e hoje tenho minha casa nova. Estou muito satisfeito com o governador Marcelo Miranda”, disse Sérgio. No distrito do Prata, moram atualmente cerca de 52 famílias de descendentes quilombolas.

O secretário estadual da Habitação e Desenvolvimento Urbano, Aleandro Lacerda, disse que, além do Prata, o governo estadual vem resgatando a cidadania de outras comunidades quilombolas. “O governo tem atendido quilombolas dos municípios de Brejinho de Nazaré, Santa Tereza do Tocantins e Porto Alegre do Tocantins. As antigas casas de Adobe das famílias da comunidade do Prata serão melhoradas, numa ação conjunta da Secretaria da Habitação com o Sebrae, para que elas possam receber visitantes e turistas interessados na cultura e tradições dos quilombolas”, afirmou.

Para o secretário extraordinário de Assuntos Estratégicos, Paulo Mourão, as ações dos governos federal e estadual têm tirado da invisibilidade muitos tocantinenses. “O governo do presidente Lula junto com o governador Marcelo Miranda tem proporcionado ações que estruturam as famílias tocantinenses, enfrentando de maneira muito forte as desigualdades sociais”, afirmou.

Lizarda

A maratona de entrega de obras do governo estadual começou pela manhã, no município de Lizarda, a 292 km de Palmas, onde o governador, acompanhado de uma comitiva de deputados, secretários estaduais e lideranças políticas, entregou 85 casas populares no setor Ipiranga, que receberam R$ 2,07 milhões dos governos federal e estadual. Para a professora Maria de Jesus Tranqueira de Souza, 29 anos, natural de Lizarda, a casa facilitou a vida de sua família, principalmente por facilitar o acesso de seus dois filhos à escola. “Sempre morei de favor nas casas de outras pessoas e agora tenho a minha própria, onde posso acompanhar melhor a educação dos meus filhos”, disse a professora.

Para o prefeito de Lizarda, Carlos Lustosa, o governo estadual é marcado pela preocupação com a dignidade das famílias tocantinenses. “A inauguração dessas 85 casas pelo governador Marcelo Miranda representa o fim do sofrimento para 85 famílias do nosso município”, disse o prefeito. Já o vereador Torres listou em seu discurso as melhorias que o governo estadual levou para Lizarda, entre elas seis pontes de concreto que interligam-na a outros municípios, como Centenário. Os recursos para a construção das pontes são do PDRS – Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável.

Ainda em Lizarda, foi inaugurada também uma padaria comunitária que atenderá diariamente cerca de 70 famílias carentes com distribuição de pão e leite. Na obra, o governo estadual entrou com a doação dos equipamentos, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, e a prefeitura entrou com o local. “Mais de mil pessoas serão beneficiadas com esta padaria”, afirmou o padeiro Domingos da Silva Moreira, responsável pela padaria.

O morador de Lizarda e agricultor Manoel dos Santos comemorou os benefícios do governo estadual e lamentou a decisão do TSE – Tribunal Superior Eleitoral. “Quando finalmente aparece um governador que se preocupa com os pobres, vem esse povo de Brasília e tenta tirar ele do poder”, disse.

De Lizarda, o governador Marcelo Miranda e comitiva seguiram para São Félix do Tocantins, a 286 km de Palmas, onde entregaram outras 85 unidades habitacionais, sendo 35 delas na comunidade do Prata. A dona de casa Elenita Neres, 35 anos, disse que a casa própria é a realização do seu maior sonho. “Eu morava numa casinha de palha. Agora com essa casa nova, a vida da minha família passou a ser mais feliz”, afirmou a moradora.

Mateiros

O último compromisso de Marcelo Miranda e comitiva no Jalapão foi no município de Mateiros, a 241 km de Palmas, onde o governador foi recebido por lideranças e muitos habitantes, entre eles Guilhermina Ribeiro da Silva, a dona Miúda, que iniciou os primeiros artesanatos com o Capim Dourado, símbolo da região do Jalapão. No município, o governador entregou mais 85 casas, no setor Bela Vista, que receberam R$ 2,07 milhões de investimento dos governos federal e estadual, além da nova delegacia do município.

Em seu discurso, o governador anunciou um convênio que será feito entre a Prefeitura de Mateiros, governo estadual e Funasa – Fundação Nacional de Saúde, para a construção de um sistema de abastecimento de água para a comunidade do Mumbuca, onde vive dona Miúda.

Além dos secretários Aleandro Lacerda e Paulo Mourão, acompanharam o governador na entrega de obras no Jalapão os deputados estaduais Carlos Henrique Gaguim e Júnior Coimbra; deputada federal Nilmar Ruiz; secretários estaduais de Governo, Manoel Bueno, de Cidadania e Justiça, Télio Leão Ayres, de Trabalho e Desenvolvimento Social, Valquíria Rezende, além do subsecretário estadual de Segurança Pública, Deusimar Amorim.

Fonte: Secom