Geral

Foto: Divulgação

Os profissionais contabilistas e estudantes da área conferem nesta sexta-feira, 23, até as 18hs no Auditório da OAB, em Palmas, o 3º Seminário de Contabilistas e a Indústria Tocantinense, promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto), que passou por Araguaina e Gurupi nesta semana.

Hoje pela manhã, o empresário Emilson Vieira, presidente do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico do Tocantins, que na solenidade de abertura do Seminário representou o presidente da Fieto, Roberto Martins, comentou sobre a importância da reciclagem de conhecimentos para o profissional contabilista, visto que ele é o responsável direto do planejamento das ações das empresas. “Sem um bom planejamento fiscal, tributário, e até financeiro, não é possível um bom desenvolvimento empresarial e industrial”.

Em Palmas, os 260 inscritos participam de palestras com temas variados e de interesse atual como Incentivos Fiscais, Legislação Tributária e IPI para Indústria, com o auditor fiscal da Receita Estadual, Donizeth Silva, que na oportunidade comentou sobre a importância do evento. “Em todas as cidades percebemos a necessidade do conhecimento, não só da legislação, mas do motivo que leva o estado a algumas políticas de benefícios fiscais. É importante até porque o público que se destina essa palestra precisa desse conhecimento que interfere diretamente no resultado da própria área financeira do estado”, explicou Donizete.

As indústrias junto aos contadores têm estabelecido cada vez mais parcerias, as quais, segundo Gustavo Fidalgo, assessor jurídico da Fieto, tanto para o Sistema Indústria, quanto para os empresários são de extrema importância, já que a perda de arrecadação ou até mesmo situações em que a empresa tem que pagar impostos duas vezes por erros detectados no preenchimento de uma guia são de responsabilidade dos contabilistas.

O tema Legislação Previdenciária ficou por conta do gerente nacional de fiscalização das contribuições do SESI e SENAI Nacional, Luiz Paulo, que ressaltou a importância do estudante neste evento. “A participação dos estudantes é importante para que ele tenha o conhecimento antes de entrar no mercado de trabalho para fazer o correto enquadramento, entendimento da classificação nacional da atividade econômica, a sua veiculação ao fundo de previdência e assistência social e também a utilização correta da informação a outras entidades de fundos que é fundamental para a destinação dos recursos pela receita para nossas entidades”, comentou.

Flavio Pinto, presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Tocantins, parabenizou a Fieto pela a iniciativa que, segundo ele, a atualização destes profissionais irá refletir em cada segmento do estado.

A programação continuará com palestras sobre Saúde e Segurança no Trabalho com ênfase na Construção Civil, Planejamento Tributário e o impacto ao empresariado.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fieto