Geral

Foto: Divulgação

Depois do recesso de quase dois meses nos trabalhos legislativos a Câmara Municipal de Palmas voltou aos trabalhos nesta terça-feira, dia 09 de fevereiro de 2010. Ao utilizar a tribuna, pela primeira vez este ano, o vereador Aurismar Cavalcante (PP) voltou a falar da falta de compromisso da Prefeitura de Palmas com os pagamentos de seus fornecedores.

Cavalcante denunciou o não pagamento do aluguel de vários tratores contratados pela prefeitura. Segundo o vereador, ele tentou resolver a questão conversando com o responsável por estas locações e o mesmo informou estar esperando a realização da licitação da obra para que os pagamentos sejam efetuados. Ainda segundo o vereador, ao comentar sobre a ilegalidade deste ato o responsável pela obra teria respondido com ironia: “Quem não faz nada ilegal nessa cidade?”. Cavalcante comunicou este problema ao presidente da Agência de Serviços Públicos (Agesp), Jair Correa Júnior, porém, até agora, nenhuma providência foi tomada segundo ele e os empresários continuam no prejuízo.

Cavalcante cobrou agilidade aos requerimentos que propõem a criação do PLANPALMAS (plano de assistência à saúde dos servidores públicos municipais), e o FUNPALMAS (Fundo de Assistência à Saúde do Município de Palmas). Estes projetos foram apresentados em setembro do ano passado. Outra questão levantada pelo vereador foi sobre o pagamento dos adicionais salariais (insalubridade, horas extras, adicional noturno, adicional de periculosidade) aos agentes comunitários de Saúde do município.

Para finalizar o vereador Cavalcante entrou com um novo requerimento solicitando a descrição detalhada das despesas geradas para a realização do carnaval de 2010, visando uma maior transparência na realização deste evento, o que não ocorreu no ano de 2009.

Confira o discurso completo clicando aqui