Estado

Foto: Divulgação

O governo do Estado do Tocantins, através da Secretaria de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SRHMA) com o apoio do Banco Mundial irá implantar mais três estações hidrometeorológicas no Estado, durante o período de 01 a 15 de março deste ano.

Criadas com o objetivo de realizar coletas de dados hidrológicos e meteorológicos, a partir de sensores de chuva, umidade relativa do ar, temperatura, radiação solar, pressão atmosférica, direção e velocidade do vento e nível d'água, as estações geram em tempo quase real, informações imprescindíveis para as tomadas de decisões em ações que visam o planejamento e o gerenciamento dos recursos hídricos no Estado e futuramente darão apoio à estruturação do Sistema Estadual de Informações sobre Recursos Hídricos.

O Tocantins conta hoje com oito estações hidrometeorológicas em operação, instaladas nos municípios de: Mateiros (bacia do rio Sono) , Gurupi (bacia do rio Santo Antônio), Dueré (bacia do rio Formoso), Pedro Afonso (bacia do rio Sono), Brejinho de Nazaré (bacia do rio Crixás), Porto Alegre do Tocantins (bacia do rio Manuel Alves), Araguatins (bacia do rio Araguaia) e Cristalândia (bacia do rio Formoso).

A demanda gerada para aquisição de mais estações surgiu a partir da elaboração do projeto de adensamento da rede hidrometeorológica estadual, que apontou a necessidade do Estado ter sua rede complementar às já existentes. As novas estações serão instaladas nos municípios de Ponte Alta do Bom Jesus, Aurora do Tocantins (ambas na bacia do rio Palma) e Chapada da Natividade (bacia do rio Manuel Alves) e fortalecerão o monitoramento hidrológico nessa região, otimizando o planejamento e a gestão dos recursos hídricos no Estado.

Durante as obras serão realizados treinamento para técnicos da SRHMA e agentes municipais interessados, cujo objetivo é adquirir conhecimento sobre as fases de instalação, coleta de dados, operação e manutenção das estações.

Fonte: Assessoria de Imprensa Secretaria de Recursos Hídricos