Geral

Foto: Marcio Vieira

Depois de percorrer as regiões Sudeste, Sul e Bico do Papagaio e levar benefícios a 68 municípios, teve início nesta segunda-feira, 19, mais uma edição da Caravana Acelera Tocantins, desta vez atendendo a 12 cidades da região Centro-Norte. Os trabalhos, comandados pelo governador em exercício, Eduardo Machado, tiveram início em Campos Lindos. Acompanhado do prefeito Jorlênio Santos, Machado teve como primeiro compromisso a entrega oficial da torre de telefonia celular da empresa Oi, que opera no município desde a última sexta-feira, 16.

Em seguida, a comitiva seguiu para a prefeitura de Campos Lindos onde o Governo do Estado celebrou convênios com o Poder Público Municipal e liberou emendas parlamentares. Dentre os benefícios destinados à população local estão: 12.300 metros quadrados de pavimentação e calçamento de ruas com bloquetes; construção de 3.333 metros quadrados de meio-fio; força tarefa para recuperação de estradas vicinais, patrolamento de ruas e avenidas e limpeza de lotes; ambulância; um microônibus escolar; reativação do Programa Pioneiros Mirins; instalação de uma Clínica da Mulher; uma Escolinha de Iniciação Esportiva; construção de praça e doação de equipamentos de informática. Diante da demanda da área habitacional, o Governo do Estado liberou ainda 50 cheques moradia para conclusão de casas. Também na cidade, a comitiva inaugurou a quadra poliesportiva da Escola Estadual Manoel Alves Grande.

Segundo o prefeito, a Caravana Acelera é a comitiva do desenvolvimento que tem pressa em ver o progresso de todo o Estado. “Nós sabemos do compromisso do governador Gaguim em trazer benefícios para o povo. Campos Lindos tem uma grande demanda de infraestrutura e a ajuda do Governo do Estado é fundamental”, disse.

Reivindicação

Pequenos agricultores de Campos Lindos, hoje um dos municípios de maior vocação agrícola do Estado - atingindo a marca de 50 mil hectares de cultivo de soja e mais de 126 mil toneladas em produção - apresentaram sua reivindicação ao governador em exercício: a regularização de uma área de 1.550 hectares na Serra da Cangalha.

De acordo com o presidente de uma das associações Luís Abreu de Sousa, para que as famílias tenham acesso ao crédito fundiário e possam plantar é necessária a licença ambiental emitida pelo Naturatins (Instituto Natureza do Tocantins). A demanda foi apresentada e prontamente atendida: “Nós sabemos da importância do pequeno produtor para o desenvolvimento do Estado e por isso já determinei ao Naturatins a emissão desta licença. O governo Carlos Gaguim tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento e vamos fazer isso”, disse o governador em exercício.

Acompanham a comitiva: os deputados estaduais Ângelo Agnolin, José Geraldo, Amélio Cayres, Sandoval Cardoso, Pedro Lima e o presidente da Assembleia, Junior Coimbra; os deputados federais Osvaldo Reis e Laurez Moreira; senador Leomar Quintanilha, secretários de Estado, presidentes de autarquias e outras autoridades.

Fonte: Secom