Geral

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) prorrogou até o próximo dia 11 de junho, o prazo para vacinação contra a gripe A H1N1, de todos os grupos prioritários, cujos integrantes ainda não tenham sido imunizados. A vacinação continuará nas 34 Unidades de Saúde da Família (USF) da capital, Palmas.

“Estamos dando mais uma oportunidade para todos aqueles, tais como, crianças, gestantes, doentes crônicos e demais integrantes priorizados pelo Ministério da Saúde, para se protegerem contra o vírus da gripe A”, ressaltou o titular da Semus, Samuel Bonilha.

Grupos Prioritários com resultados parciais de imunização

Grupos Prioritários

População

% imunizados

Crianças menores de 2 anos

5.939

104,43 %

Gestante

3.672

63,40 %

Doentes crônicos < 60 anos

9.627

85,72 %

Doentes crônicos > 60 anos

1.235

331,50 %

Adultos de 20 a 29 anos

43.312

74,77 %

Adultos de 30 a 39 anos

35.567

38,74 %

Profissionais da saúde

1.886

176,67 %

Crianças entre 2 e > 5 anos

10.851

7,20 %

O que é a Gripe Influenza A H1N1

A gripe suína é uma doença respiratória aguda, altamente contagiosa, causada pelo vírus A (H1N1). Esse novo subtipo do vírus da influenza é transmitido de pessoa a pessoa, principalmente por meio da tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de pessoas infectadas.

Sintomas

Os sinais e sintomas da gripe suína são semelhantes aos da gripe comum, tais como, febre, tosse, dor de cabeça, dores musculares, dor na garganta e fraqueza. Entretanto, diferentemente da gripe comum, ela costuma apresentar complicações em pessoas jovens.

Prevenção

Para evitar a contaminação com o vírus é recomendado lavar bem as mãos frequentemente com água e sabão; evitar tocar os olhos, boca e nariz após contato com superfícies; não compartilhar objetos de uso pessoal e cobrir a boca e o nariz com lenço descartável ao tossir ou espirrar.

Fonte: Assesssoria de Imprensa Semus

Por: Redação

Tags: Gripe A, Samuel Bonilha, Saúde, Semus, Vacinação