Polí­tica

Foto: Valério Zelaya  Paulo Mourão alfinetou os outros candidatos Paulo Mourão alfinetou os outros candidatos

O prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) chegou à reunião da executiva do Partido dos Trabalhadores sem o ex-prefeito de Porto Nacional e candidato da legenda ao governo do Estado, Paulo Mourão que chegou depois ao Hotel Arco Íris onde foi recebido com aplausos pelos presentes.

Em entrevista ao Conexão Tocantins Mourão afirmou que vai lutar até o último minuto para manter seu nome na disputa, mesmo com a orientação nacional, que ele denominou como “sugestão”. “A Dilma não pediu isso”, afirmou, completando que a coordenação nacional da campanha da ministra deixou o diretório à vontade para decidir sobre o assunto.

O petista afirmou que caso a executiva aprove a aliança com o PMDB ele não colocará seu nome ao Senado e deve ajudar os candidatos a deputado estadual e federal da sigla. Segundo ele, essa postura não representa nenhum sentimento de “mágoa” com o partido. “Sou um soldado do partido”, frisou.

Mourão, indagado sobre contato com a União do Tocantins e um suposto café na coordenação de campanha do ex-governador Siqueira Campos (PSDB), brincou: “eu queria ver uma foto desse café da manhã”, disse reafirmando que atrasou porque estava voltando de Brasília.

O prefeito relembrou ainda que abriu mão de tentar reeleição em Porto Nacional em nome desse projeto. Segundo ele, as pesquisas apontavam mais de 80% de aprovação para que ele fosse reeleito.

Sem citar nomes, ele alfinetou os outros candidatos afirmando que o Tocantins precisa de um homem que trabalhe mais.

Segundo divulgação seis prefeitos participam do encontro do partido que deve consolidar apoio da sigla ao PMDB e à candidatura do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB).

Com o auditório da reunião já lotado, os petistas já passaram à pauta da reunião O partido deve redefinir além do apoio ao PMDB a disposição dos candidatos das proporcionais.

Às 14 horas, Donizeti vai se reunir com o PRP e PCdoB para discutir a continuidade de aliança nas proporcionais.