Polí­tica

Membros do PSDB e partidos aliados na coligação “Tocantins Levado a Sério” demonstram estranheza com a informação de que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) embargou a pesquisa Serpes encomendada pela Faet.

Para o pré-candidato a vice-governador, João Oliveira, o pré-candidato à reeleição Carlos Henrique Gaguim (PMDB) está por trás da ação que considera “antidemocrática”. “Por que não querem que o povo saiba a verdade? Nesta história, o PHS é partido de aluguel. Eles entram em todas a mando do governador”, diz.

A senadora Kátia Abreu (DEM) também criticou. “Eles não comemoravam o tal empate técnico nas pesquisas? E agora? Estão com medo de que?”, disse.

Em nota publicada na imprensa, a Faet confirmou que os resultados serão divulgados amanhã, quinta-feira, 1º de julho.