Geral

A primeira turma de Terapeutas Comunitários de Palmas se forma, nesta quarta-feira, 30, às 20h30 no Salão Sarandi, à Quadra 103 Norte, AV. LO-02, lote 34. São 53 novos terapeutas que vão atuar em rodas de terapia comunitária. Destes, 41 são servidores da Secretaria da Saúde de Palmas (Semus), os demais formandos são servidores da Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho e Emprego (Sedste) da Capital.

Os servidores da Semus que estão se formando fazem parte das equipes do Programa Saúde da Família (PSF) da 612 Sul, 407 Norte, 605 Norte, CAIC, Taquaruçú, Santa Bárbara, Nosso Sonho e Liberdade. A Semus ofereceu o curso, em parceria com o Ministério da Saúde (MS) e a Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC).

O objetivo do curso é proporcionar a qualificação de profissionais do Programa de Saúde da Família (PSF), trabalhadores e agentes sociais, educadores e demais interessados em atuar como terapeutas comunitários.

“Palmas aderiu à proposta de estimular a formação de rodas de Terapia Ocupacional após percebermos que a construção de vínculos solidários contribui muito para a construção de soluções dentro das próprias comunidades” - explica Samuel Bonilha, secretário da Saúde. Ele destaca ainda, que as terapias são ótimas ferramentas para a produção de soluções de alta efetividade e de reforço do autoconhecimento das comunidades.

“Estes profissionais vão poder atuar como facilitadores em ambientes de escuta, de modo que os grupos compartilhem experiências e ajudem na inclusão social” - afirma Maria José Pacheco, coordenadora do Pólo de Terapia Comunitária.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Semus