Estado

O Procon do Tocantins repassa para a população normas sobre o consumo de leite. O leite cru, in natura, teve sua comercialização proibida através do Decreto nº 923, de 10 de outubro de 1969, exceto nas comunidades que não podem ser abastecidas por leite beneficiado.

Os consumidores devem ficar atentos para a data de validade do leite, o pasteurizado vale por 36 horas, o leite longa vida poderá ser guardado por quatro (4) meses, o leite em pó na embalagem enlatada fechada conserva-se por 12 a 18 meses, o leite em pó, em caixa conserva-se por 9 meses.

Os leites pasteurizados e longa vida devem ser consumidos assim que foram abertos. As embalagens de leite em pó devem ser guardadas em local arejado e seco.O leite longa vida é tratado por processo denominado ultrapasteurização, denominado por UAT (ultra alta temperatura) ou o UHT (do inglês ultra high temperature).

O leite utilizado para a fabricação do longa vida tem a mesma origem do leite pasteurizado e em pó, mas passa por rigorosa análises que asseguram a sua qualidade.Para não ser contaminado por microorganismo presentes na natureza, o leite longa vida tem uma embalagem especial, a caixinha denominada Tetra Brik, que possui seis camadas protetoras de diferentes materiais.

Começando de dentro para fora: duas camadas de plástico, que protegem o leite dos demais componentes da embalagem, vem uma camada de alumínio, que evita a passagem da luz, de oxigênio e outros. A quarta camada é de plástico, a quinta é de papel que dá resistência à embalagem e permite a impressão de todas as informações necessárias e a última é de plástico.Mesmo com tanta segurança, o consumidor deverá evitar as embalagens amassadas.

O rompimento das camadas protetoras da embalagem poderá contaminar o produto.O leite pasteurizado é o que passou por um processo de aquecimento e esfriamento alternados. Esse processo é feito para eliminar possíveis microorganismos responsáveis por causar doenças. Este tipo de leite deverá ser estocado ou guardado em ambientes refrigerados.

Monitoramento do Leite

Com o objetivo de ajudar os consumidores na garantia da qualidade do leite, o Ministério da Justiça e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por meio do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor e da Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária, criou o CQualiLeite – Centro Integrado de Monitoramento da Qualidade dos Alimentos, que realizam ações integradas para monitorar a qualidade do leite.

E com isso, os consumidores poderão acessar o e-mail www.cquali.gov.br e acompanhar diariamente as ações de fiscalização e apreensão de produtos.Fontes de pesquisa: site do CQualiLeite e estudos do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia USP.

Por: Redação

Tags: Anvisa, Medicina Veterinária, Procon, USP