Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista coletiva concedida depois do debate desta quinta-feira, 12, o governador e candidato à reeleição Carlos Gaguim (PMDB) afirmou que seu principal debate nas eleições deste ano é com o povo. “O importante é a sociedade saber o que queremos fazer pelo Estado”, ressaltou.

O adversário, Siqueira Campos (PSDB) saiu da emissora sem conceder entrevista aos jornalistas presentes no local.

O governador avaliou de forma positiva sua participação no primeiro debate promovido por uma emissora de TV do Estado. No entanto, Gaguim destacou o curto tempo de embate de idéias entre os candidatos. “A avaliação é boa, o tempo é que deveria ser maior para falar”, completou.

Gaguim evita falar de outros candidatos

Durante o debate, houve um questionamento sobre o período em que o candidato ao governo pela coligação “Tocantins Levado a Sério” Siqueira Campos (PSDB) esteve no governo do Tocantins. Foi questionado ao tucano suas ações que tiraram seus candidatos ao Senado, Vicentinho Alves (PR) e João Ribeiro (PR) cassados de seus mandatos à frente das prefeituras de Porto Nacional e Araguaina respectivamente.

À época Vicentinho e Ribeiro foram retirados por acusações de corrupção das prefeituras de Porto Nacional e Araguaina. Sobre o caso, durante a entrevista, Gaguim afirmou que não tem nada contra os republicanos e que não pretendia falar de outros candidatos, no entanto, fez questão de lembrar, que foi seu concorrente quem tirou os mandatos de seus atuais aliados. “Isso foi ele quem fez. Ele quem tirou seus dois candidatos ao senado”, afirmou.

Críticas à sua gestão

Sobre as críticas que sua curta gestão como governador tem sofrido, o candidato do PMDB afirmou ser um homem que convive bem com este tipo de prática. “Quem nunca cometeu um erro na vida?”, questionou.