Meio Ambiente

Foto: Divulgação

O governador do Estado, Carlos Henrique Gaguim, recebeu, no início da tarde deste domingo, em Palmas, a ministra do Meio Ambiente, Isabella Teixeira, que veio ao Tocantins para conhecer e discutir as metas de combate às constantes queimadas que já degradaram, segundo dados parciais passados pelo Ibama, a partir do programa Prevfogo, cerca de 60 mil hectares de vegetação em todo o Tocantins.

Na ocasião, o governador ressaltou que já busca apoio do governo federal, através de incentivos que beiram os R$ 48 milhões, na luta contra os incêndios no território tocantinense. “Infelizmente, um dos motivos destas queimadas é a falta de um planejamento anterior em relação ao combate desta prática em diversos pontos do Tocantins. Para mudar esta realidade, além de nosso esforço na luta direta contra o fogo, nós elaboramos um projeto, há quatro meses, que já se encontra com a ministra Isabella, visando municiar o Estado com helicópteros, aeronaves, viaturas e outros equipamentos de prevenção, fiscalização e combate aos incêndios”, afirmou o governador.

Ainda segundo Carlos Gaguim, o governo está buscando este financiamento junto ao governo federal, através do Fundo Amazônia, e do BNDES, que forneceriam um incentivo aproximado de R$ 48 milhões (R$ 14 milhões de compensação pela preservação pelo Fundo e R$ 34 milhões de recurso pelo Banco) para a conservação do meio ambiente e a aquisição de todo o equipamento planejado. “A nossa meta é alcançar a preservação mínima de 50% de toda a nossa área verde, de nossas riquezas ambientais, e a própria ministra afirmou que somos um dos poucos estados em todo o País que, ultimamente, tem realizado isto com sucesso”, afirmou Gaguim.

Em relação às ações do governo do Tocantins na luta contra as queimadas, a ministra Isabella Teixeira se disse satisfeita com a mobilização que encontrou por aqui. “Eu estou impressionada com a atitude do governador Gaguim e de todos os municípios envolvidos, que estão buscando agir conjuntamente com o governo federal, inovando a metodologia do combate ao fogo ao formar um comando unificado, onde diversas instituições, como o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, a Guarda Municipal, o Ibama e o Exército atuam lado a lado, com ações planejadas e toda uma estrutura, como mapas, imagens satélites atualizadas. É desta forma que procuramos atuar, e a participação da sociedade também é primordial para que possamos alcançar os nossos objetivos”, declarou a ministra.

Projeto tocantinense

Falando sobre o projeto elaborado pelo governador Carlos Gaguim, a ministra Isabella afirmou que só aguarda uma aprovação do BNDES para que a verba seja liberada. “O governador tem cooperado bastante nesta empreitada, tem sido um grande parceiro, e o projeto de preservação ambiental e combate ao incêndio que ele apresentou só aguarda a aprovação do BNDES, após uma avaliação técnica do que é solicitado. Como tenho uma reunião para tratar do assunto durante esta semana, eu vou solicitar uma aceleração para a análise deste projeto, para captar logo os recursos e incrementar a prevenção em todo o Tocantins”, afirmou Isabella Teixeira.

Sobrevôo e reunião

Ainda dentro da agenda de compromissos, o governador e a ministra sobrevoaram, de helicóptero, a região da Serra do Carmo, próxima a Palmas, uma das mais afetadas pelos recentes incêndios. Também foi realizada uma reunião técnica com representantes do Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, IBAMA, Exército, Naturatins e os secretários da Casa Civil e de Planejamento.

Fonte: Secom