Estado

Dezenas de pessoas compareceram durante todo o dia desta quinta (19/Setembro), no 1º dia “D” do CRAS Esperança no Setor Brigadeiro Eduardo Gomes para receberem vários benefícios.

Os moradores dos setores visinhos ao bairro Brigadeiro Eduardo Gomes como Vila Operárias, Imperial e outros, puderam fazer inscrições dos cursos de geração de renda (cabeleireiro, bordado, pintura em tecido e curso de horta), pintura facial, aferir pressão, glicose e massa muscular, além de poder solicitar a expedição de carteira de trabalho e de identidade, e participar de palestra sobre saúde bucal, oficinas de dança e teatro, corte de cabelo e outras atividades com crianças e idosos.

A secretaria municipal de desenvolvimento social, Lilian Martins, afirmou que outras ações como esta viram. “O objetivo do Cras é ser a porta de entrada da comunidade, para que possamos fazer com que a política de ação social aconteça.” – garante ela.

Durante o evento também foram expostos a comunidade os trabalhos confeccionados pelos alunos dos cursos de geração de renda. “Queremos mostrar à população as ações realizadas pelo Cras Esperança, para que eles conheçam e participem das atividades que são desenvolvidas aqui.” Afirma a coordenadora do Cras Esperança, Ana Cláudia Sardinha.

Ainda segundo a coordenadora o dia “D” vai trazer cidadania com o intuito de melhor a vida das famílias, dando a elas oportunidade de renda através dos cursos que são oferecidos aqui.

O primeiro dia “D” do Cras Esperança foi realizado pela prefeitura municipal de Porto Nacional, através da secretaria municipal de desenvolvimento social e teve a parceria da Policia Civil, Secretaria Municipal de Saúde e Delegacia do Trabalho de Porto Nacional.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Prefeitura de Porto Nacional

Por: Redação

Tags: CRAS, Porto Nacional