Polí­tica

Foto: Divulgação/TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Ricardo Lewandowski afirmou em entrevista no Supremo Tribunal Federal que a corte fará um mutirão para julgar os 1.064 recursos de candidaturas das eleições desse ano.

Para julgar todos eles, além dos que ainda serão enviados à Corte, o presidente do TSE convocou sessões extraordinárias para todas as quartas-feiras do mês de setembro. “Nós vamos fazer um esforço muito grande, vamos fazer um mutirão para julgar tudo que vier para os gabinetes dos relatores”, disse

O presidente reafirmou também que “a Lei da Ficha Limpa se aplica a essas eleições, se aplica a fatos pretéritos, porque não se trata de sanção, e sim de requisitos para registro de candidaturas”.

Ainda não há previsão sobre quando será julgado o caso do candidato ao Senado, Marcelo Miranda (PMDB) que concorre pela coligação Força do Povo e pode ser enquadrado pela lei do Ficha Limpa, já que foi cassado ano passado por abuso de poder político e econômico.

Da redação com informações da Assessoria de Imprensa/ TSE