Palmas

Foto: Divulgação

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano Meio Ambiente e Habitação (Sedumah), através da Coordenação de Habitação, convoca os inscritos no Cadastro Habritacional do município para realizarem atualização cadastral junto a Secretaria. Os inscritos antes de junho de 2009, que não atualizaram os seus dados, precisam comparecer na Sedumah, localizada na avenida NS- para atualização de suas informações.

Para a atualizar o cadastro é necessário que os inscritos compareçam na Sedumah com os originais e as copias dos seus documentos pessoais, comprovante de endereço (atualizado), documento que comprove o tempo que reside em Palmas, certidão de casamento e a documentação dos seus dependentes, se houver.

A coordenadora de Habitação da Sedumah, Kenniane Lenir Barreira, explicou que é através dos cadastros atualizados que os técnicos sociais podem visitar as famílias para ver em qual programa elas se enquadram. “O cadastro de demanda espontânea é feito por aqueles que declararam não ter uma moradia, e é através dele que os técnicos sociais farão as visitas e a seleção dos beneficiários, para saber em qual programa o inscrito se enquadra”, disse Kenniane.

Cerca de 27.000 pessoas estão inscritas atualmente na Sedumah, e segundo Kenniane, de 30% a 40% destas pessoas não atualizaram os seus cadastros. Sem a atualização dos dados as pessoas podem ser pré-selecionadas, mas não são encontrados pelos técnicos sociais para ser efetuado o questionário e o enquadramento nos programas desenvolvidos ao Sedumah.

Cadastro Habitacional

O Cadastro Habitacional da Sedumah atende a demanda espontânea da procura por moradia populares, ou seja, atende a quem procura a Secretaria para cadastro nos programas habitacionais do Município. O cadastro também ser ve como parâmetro da demanda por moradias na Capital.

O cadastro de demanda espontânea foi implantado na primeira gestão do prefeito Raul Filho, em 2005, com seu completo funcionamento em 2006. Vários programas de habitação são desenvolvidos atualmente pela Sedumah, que dão condições às pessoas de baixa renda, ou que não possuem casa própria a ter um imóvel.

Fonte: Ascop