Polí­tica

Foto: Divulgação

“José Serra é um homem extremamente honesto, leal, competente e preparado para governar o Brasil , e acima de tudo e cristão. É um homem de mãos, coração e alma limpos, e que foi preparado para transformar o Brasil num país limpo de corrupção.” Assim o governador eleito Siqueira Campos falou aos empresários tocantinenses reunidos na noite desta segunda-feira, 25, em Palmas, num encontro pró Serra Presidente do Brasil

O governador eleito argumentou que a carga tributária do país determina uma série de prejuízos para a sociedade brasileira. “O Brasil tem uma carga tributaria elevada, o que impõe aos empresários dificuldades em investir e gerar novos empregos”, disse Siqueira Campos afirmando que há a necessidade de promover uma mudança profunda no país com a participação da liderança do empresariado. “É hora de nos unirmos pela vitória de José Serra, homem preparado e que vai dar as condições para que o Brasil alcance as transformações que precisa para melhorar a vida da sua população”, assegurou.

Siqueira Campos demonstrou grande preocupação com a carga tributária no Brasil, com a necessidade de alternância no poder e também com a corrupção. “Há um processo de corrupção muito disfarçado no nosso país de propaganda enganosa junto à população fazendo ate mesmo muitos brasileiros acreditarem que algum benefício lhes cai a mão, quando, na verdade, o Governo deixa de entregar ao povo aquilo que é legitimamente da seu”.

A senadora Kátia Abreu , que coordena a campanha de José Serra no Tocantins, também criticou a carga tributária, que segundo ela, “tem sacrificado tanto o povo do Brasil.” Para a Senadora, não há mágica que reduza os juros no pais e argumentou que a única forma que o Banco Central tem para justificar os gastos e custeio da Presidência da República, que aumentou em 75% nos últimos sete anos, é “criando mais e mais impostos prejudicando os investimentos e os benefícios para os trabalhadores. Nós precisamos de um presidente da república que ação urgente”, concluiu dizendo que o Brasil tem condições de produzir alimentos extraordinariamente, mas faltam as estradas, as pontes e hidrovias. Para concluir, Kátia Abreu falou a cada um dos empresários presentes sobre a importância da multiplicação, pedindo voto para Jose Serra.

Eleição

Ao falar aos empresários, o governador eleito Siqueira Campos agradeceu a presença de todos e também o apoio recebido na eleição. Ele lembrou os projetos para os diversos setores como economia e social e garantiu: “Não sou governador só dos que votaram em mim. Eu também sou governador dos que não votaram em mim. Fico feliz e agradecido pela confiança e serei o governador de todos os tocantinenses. Vou procurar ser justo e vou ter em mente sempre não decepcionar nenhum de vocês. Tenham conhecimento, amigos e amigas, que sempre terei o cuidado de promover debates, questionamentos para encontrar o melhor para o Tocantins”, disse.

Siqueira Campos também disse que se sente homenageado com o apoio recebido. “Estou muito feliz, tranquilo para exercer o IV mandato a que me confiaram, mas com muita responsabilidade nos meus ombros, e farei tudo para realizar o melhor Governo da história do nosso Estado”.

Ao final, Siqueira voltou a falar de José Serra. “Não é por mim, não e por nós, é pelo Brasil, e por isso que temos que eleger Serra presidente. Quem é empresário sabe disso, do momento que vivemos, da propaganda enganosa. Nosso povo é carente, mas é um povo que tem alma, que tem sangue, e que sabe o que é melhor para nossa gente”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Siqueira Campos