Estado

A primeira Unidade Judiciária do Estado do Tocantins será inaugurada na sexta-feira, dia 29, no município de São Salvador do Tocantins, Comarca de Palmeirópolis. O prédio será entregue à população pela presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Willamara Leila, durante solenidade marcada para às 10 horas, com a presença de várias autoridades.

O projeto das Unidades Judiciárias foi criado pela atual gestão do TJ-TO para democratizar o acesso da população ao Judiciário. A ação beneficiará 23 Municípios que não são Comarcas, mas que contam com grande volume de processos judiciais.

Uma equipe especializada formada por um juiz de direito, um promotor, um defensor público e um escrivão irá até as Unidades Judiciárias para atender aos cidadãos. Com esta iniciativa, o Tribunal de justiça quer avançar ainda mais no cumprimento do papel da Justiça, viabilizando o acesso de todas as pessoas.

Cada Unidade terá 168 metros quadrados de área construída e contará com recepção, cartório, secretaria e gabinete para o Juiz, que poderá ser usado como sala de audiência.

“O que era apenas um sonho se torna realidade. O Judiciário tocantinense entrega ao município de São Salvador uma sede que receberá, em instalações dignas, os moradores dos assentamentos, dos distritos, dos povoados, das roças e das fazendas distantes e ali estará o juiz, o promotor e o defensor público, semanalmente, realizando audiências, solucionando os conflitos e promovendo conciliações. Nossos sentimentos de alegria e orgulho são imensos. Mas não encobre a certeza que estamos apenas cumprindo um dever, uma obrigação constitucional, de levar a justiça a quem mais precisa dela, àqueles que a sorte não amparou com riquezas de qualquer espécie”, destacou Willamara.

Para o juiz Manuel de Faria Reis Neto, titular da Comarca de Palmeirópolis, a Unidade Judiciária é um grande avanço para o Poder Judiciário do Estado do Tocantins, pois inaugura uma nova gestão e tratamento com o Jurisdicionado. “Traz para o cidadão do Tocantins, de forma eficiente, uma jurisdição plena, de forma com que todos tenham acesso ao Poder Judiciário, mesmo morando distante da sede da comarca”, completou.

O prefeito de São Salvador, Denival Gonçalves da Cruz, disse que esta inauguração é um avanço de modernidade do Poder Judiciário do Tocantins. “A nossa administração está honrada em ter contribuído com a doação de lote para que esse sonho se tornasse realidade. O nosso agradecimento à desembargadora Willamara Leila pelos esforços realizados para construção dessa Unidade Judiciária em São Salvador”, ressaltou.

O município de São Salvador do Tocantins está localizado na região Sul do Tocantins, a 420 quilômetros da capital, Palmas, e tem uma população de cerca de 3 mil habitantes.

Além de São Salvador, os municípios de Brejinho de Nazaré, Campos Lindos, Combinado, Conceição, Couto Magalhães, Divinópolis, Dois Irmãos, Dueré, Goianorte, Juarina, Lagoa da Confusão, Lizarda, Nova Olinda, Palmeirante, Pugmil, Recursolândia, Rio Sono, Sandolândia, São Félix, São Valério, Silvanópolis e Talismã receberão uma Unidade Judiciária.

Fonte: Assessoria de Imprensa Tribunal de Justiça