Palmas

Foto: Silvana Barbosa

Depois de receber cinco computadores e estabilizadores, entregues pela Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Palmas de Ensino, Ciência e Tecnologia - Fupact, o Conselho de Segurança e Defesa Social, da 503 Norte, definiu para este ano o início das etapas de formação dos monitores, que vão ministrar cursos aos moradores.

O presidente da Fupact, Paulo Fernando, fez a entrega das máquinas na tarde de ontem, quarta-feira, 10, na sede do Conselho, que funciona na Base Comunitária da Vila Independência. Em dois meses, esta é a segunda entidade beneficiada com o projeto de inclusão digital da Prefeitura de Palmas.

“Nossa pretenção é fortalecer o trabalho das associações, no sentido de possibilitar que elas ofertem formação aos jovens”, revela Paulo Fernando, que espera das entidades beneficiadas a estruturação para o acolhimento das máquinas. “Nenhum trabalho alcança sucesso se ele for de um homem só. Por isso queremos destacar o trabalho do Conselho de Segurança que tem feito um trabalho coletivo importante”, completou o presidente da Fupact.

O presidente do Conselho, Erivelton da Silva, afirma que os cursos deverão alcançar cerca de seis mil moradores nas quadras 607, 605, 603 e 503 Norte, como também do bairro Santo Amaro. Erivelton destaca que a entidade vai em busca de mais equipamentos e assim ter maior facilidade no trabalho de inclusão digital. “Vamos formar 30 monitores para os cursos e assim minimizar os custos para a formação dos moradores. Também teremos o apoio do Instituto Federal do Tocantins - IFTO, com os alunos ajudando na ministração das aulas de informática”, acrescentou.

Ao participar da solenidade, a delegada Milena Albernaz, diretora de Polícia Comunitária do Governo do Estado, relacionou a entrega das máquinas à segurança pública. “Esse trabalho é uma contribuição na atividades de prevenção criminal. É a oportunidade das crianças e adolescentes estarem aprendendo e isso vai trazer um impacto positivo”, disse a diretora vendo a ação como um ponta pé inicial para algo ainda maior. “As instalações poderão ser ampliadas de acordo com as demandas”, observou.

Mais computadores

Na próxima semana, será a vez do Centro Comunitário da quadra 91 receber os benefícios e dar os primeiros passos no oferecimento de ações de inclusão digital. E para isso a entidade receberá da Fupact um número maior de computadores, nove no total.

Fonte: Ascop