Estado

Alvos da operação da Polícia Federal, os desembargadores Carlos Souza, Willamara Leila e Liberato Póvoa foram oficialmente afastados nesta sexta-feira, 17, pelo Superior Tribunal de Justiça.

Os magistrados ficarão á princípio afastados por seis meses, mas este prazo pode ser prorrogado.

Durante o período, nenhum dos três proibidos de entrar em qualquer dependência do judiciário.

As investigações da operação Maet continuam depois que os Três magistrados foram ouvidos.