Saúde

Foto: Divulgação

A Celtins - uma das 9 empresas da Rede Energia - agora é uma "parceira da saúde" no combate nacional contra a dengue. Com a participação da assessoria de imprensa da empresa no encontro das empresas "parceiras da saúde" realizado ontem, terça-feira, 18, na sede no Ministério da Saúde, em Brasília, a empresa pode conhecer as diversas possibilidades de participação e disseminação da campanha nacional e a partir da Celtins a campanha será estendida para as demais empresas da Rede Energia.

Com a presença do Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, o evento contou com 120 convidados representando 70 parceiros de diversos setores como energia, telecomunicações, mídia, supermercados, companhias aéreas entre outros.

O evento teve como objetivo discutir a importância do engajamento das empresas socialmente responsáveis para a luta nacional de Combate à Dengue envolvendo os vários setores e segmentos para a participação voluntária e disseminação de informações.

Durante o evento foi apresentado levantamento dos índices de infestação pelo mosquito Aedes Aegypti no País que apontam para a necessidade de ações de prevenção e de mobilização do setor público, privado e sociedade para diminuir os riscos de uma epidemia.

São 16 estados e 70 municípios em situação de alerta no País. "As pessoas já sabem o que fazer para prevenir, mas precisam do contato com a informação. Enquanto não se tem a vacina, é preciso criar a cultura de combate a dengue na sociedade. Todas as formas de uma empresa se relacionar com o público interno e/ou externo podem ser ferramentas para divulgação. Nas contas de água e energia, por exemplo, podem ser inseridas mensagens de alerta", disse Marcier Trombiere, chefe da assessoria de comunicação do Ministério.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, enfatizou a importância dos parceiros dos diversos setores que podem levar a informação para a sociedade por meio dos produtos que oferecem. "Queremos uma parceria porque vocês entram na casa, no trabalho e no dia-a-dia das pessoas e podem levar a informação para que possamos enfrentar este risco. Precisamos envolver a sociedade se antecipando a um risco real e concreto. Prevenir é mais barato que remediar".

Entre as ações que os parceiros podem desenvolver para ajudar no combate a dengue está a divulgação de informações sobre sinais e sintomas da doença e como eliminar criadouros do mosquito transmissor. Os parceiros poderão utilizar as peças da campanha no Ministério da Saúde contra a dengue que estão disponíveis no site < http://www.combatadengue.com.br/material-da-campanha/ > na realização de eventos, envio de e-mails, informativos internos e externos, sites etc.

O programa "Parceiros da Saúde" existe desde 2007 e tem o objetivo de reforçar a responsabilidade social das empresas, que colaboram na ampliação das ações de comunicação dos Ministérios, promovendo uma ação integrada de prevenção e promoção da saúde.

Fonte: Assessoria de Imprensa Celtins