Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Raimundo Moreira (PSDB), novo presidente da Assembleia Legislativa já estima a necessidade de corte na folha de pagamento da casa de Leis.A preocupação do presidente é com o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal.

O corte previsto é de cerca de R$ 800 mil por mês. A Assembleia tem uma folha de pagamento de R$ 7 milhões atualmente.O corte no número de servidores comissionados pode ser a solução, conforme informou alguns deputados ao Conexão Tocantins.

Ainda está sendo feito um levantamento sobre a necessidade de corte na folha e ainda não há certeza sobre a realização de um novo concurso na Casa para suprir o quadro.

Nesta sexta-feira, 4, o deputado está ajustando as questões internas da Assembleia, conforme informou a Diretoria de Comunicação.

Moreira deve ainda nomear as diretorias dos setores da Casa. Não há ainda dados divulgados sobre a estimativa de corte.