Polí­tica

Foto: Divulgação

Criar a Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Tocantins, esse foi o tema do pronunciamento do deputado José Geraldo de Melo Oliveira (PTB), durante a sessão matutina desta quarta-feira, 09, na Assembleia Legislativa.

José Geraldo tem feito um trabalho intenso em busca de soluções que minimizem e até eliminem o desemprego, a miséria, a doença, entre outras situações que assolam os tocantinenses.

Com base nesse trabalho, o parlamentar sustenta a ideia de que as micro e pequenas empresas sejam as grandes responsáveis pela geração de emprego direto e indireto, da movimentação da economia e da geração de oportunidades para a população, bem como, da contribuição na geração de receita aos cofres do Estado. “Por isso é importante a contribuição de todos para o fortalecimento das empresas tocantinenses”, justificou José Geraldo.

O petebista chamou a atenção para a portaria SEFAZ/SGT nº1.518/2010 que estabeleceu a obrigatoriedade de ajuste à escrituração eletrônica para 513 empresas do Tocantins. “Entendemos a importância e os benefícios que esse novo sistema trará às empresas, mas também temos ciência que trata-se de um processo que demanda informação, capacitação e investimentos em tecnologia, sendo inviável uma adequação ágil”, defendeu José Geraldo.

Por tudo, ora explanado pelo parlamentar, justifica-se a importância da criação da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no estado do Tocantins, tendo em vista a importância de ter no Poder Legislativo uma representação neste segmento. “Criada esta Frente, teremos força e embasamento para discutirmos suas demandas junto ao governo estadual e, dessa forma, construir políticas públicas condizentes com os anseios do progresso”, finalizou José Geraldo.

Outros requerimentos

Ainda na sessão matutina, José Geraldo apresentou um requerimento que solicita a “autorização para que o Pronto Atendimento Nossa Senhora do Carmo, localizado no município de Pium, volte a funcionar como hospital de referência do município”, tendo em vista a melhoria do atendimento na área da saúde do município e região.

Durante a aprovação de duas resoluções em caráter de urgência apresentada por outro parlamentar, José Geraldo votou contra e propôs uma mudança regimental em linhas gerais para a Casa de Leis.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ José Geraldo