Palmas

Foto: Arquivo Conexão Tocantins

Nesta quinta-feira, 17, foi aprovado requerimento convocando o presidente do Grupo Skipton que administra o Capim Dourado Shopping, Carlos Amastha, a prestar esclarecimentos sobre o não cumprimento do trato de compensação ambiental entre a Empresa e o Poder Público.

Para que o empreendimento fosse construído foram doados 38 mil m² de área verde pela Prefeitura Municipal e 50 mil m² de área institucional Estadual. Em contrapartida o Grupo Empresarial firmou o compromisso de construir o Parque Borboleta Azul com a dimensão de 160 mil m².

No entanto, apesar do shopping estar em pleno funcionamento, à construção do Parque ainda não foi iniciada e o empreendimento recebeu multa ambiental em 2010 por despejar diretamente esgoto no Córrego Brejo Cumprido. O vereador Bismarque do Movimento (PT) defende o cancelamento imediato do alvará de funcionamento do Centro Comercial. O requerimento foi subscrito pelo vereador José do Lago Folha Filho (PTN) e aprovado por unanimidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Câmara de Palmas