Estado

Foto: Divulgação

A Setas – Secretaria de Trabalho e Assistência Social, por meio de sua subsecretaria de Trabalho, reuniu nesta quinta-feira, 17, os secretários de Oportunidades, Omar Hennemam; da Indústria, Comércio e Turismo, Ernani Siqueira e da Ciência e Tecnologia, Luis Carlos Borges da Silveira. Além dos presidentes da Acipa – Associação Comercial e Industrial de Palmas, Fabiano Roberto do Vale Filho e da CDL – Câmara dos Dirigentes Lojistas de Palmas, Cleide Brandão.

De acordo com a subsecretária de Trabalho, Mariza Sales, o encontro é um convite às secretarias de governo e representantes dos empreendimentos do Estado para um diálogo intersetorial contínuo. “Queremos trabalhar juntos visando a colocação dos trabalhadores no mercado de trabalho”, completa Mariza.

Com base nas principais competências de cada secretaria de Estado convidada para a reunião, a Setas propôs a criação de uma Comissão Intersetorial e as seguintes ações conjuntas: Um termo de cooperação para incentivar as novas empresas que se instalam no Estado a intermediarem a mão-de-obra necessária por meio do Sine – Sistema Nacional de Empregos, o que ajuda a garantir que os trabalhadores tocantinenses sejam contratados; A realização de um mapeamento de possíveis frentes de trabalho para serem preparadas por meio dos programas de capacitação e qualificação disponíveis na subsecretaria; e a criação de um sistema informatizado de serviços para trabalhadores e empresas.

Na ocasião o secretário de Ciência e Tecnologia reafirmou o desejo do Governador Siqueira Campos de trabalhar a transversalidade entre as secretarias do governo e apresentou as frentes que já estão sendo desenvolvidas em sua pasta. “Vamos trabalhar a capacitação à distância. O Tocantins precisa estar preparado para o desenvolvimento que está vindo principalmente no interior”, explicou Borges da Silveira.

O secretário da Indústria e Comércio parabenizou a iniciativa da Setas e também reafirmou a perspectiva de crescimento do Estado e a necessidade de preparar a mão-de-obra para a grande demanda que irá surgir. “O crescimento do Estado não tem mais volta, o Tocantins vai receber grandes empresas e investimentos e precisamos estar preparados para isso”, completou Ernani Siqueira.

Já o secretário das Oportunidades falou sobre a missão da sua pasta em articular com as demais secretarias e atores sociais para encontrar e evidenciar as oportunidades presentes no Estado. Omar pontuou ainda a necessidade de construir o “currículo do cidadão”, que possibilitaria aos tocantinenses adquirir os documentos básicos que permitem os direitos de cidadania, e posteriormente, o “currículo profissional”, envolvendo capacitação conectada às necessidades do mercado.

Representando os empreendimentos do Estado, a presidente da CDL comentou sobre a importância de realizar uma pesquisa consistente no Estado que sirva de diagnóstico e que assim, permita uma ação mais eficaz do governo.

Para o presidente da Acipa a necessidade de capacitação para os empresários é de extrema importância, pois segundo ele, são as pequenas e micro empresas que formam os pilares de sustentação da economia. “Sabemos que esse ramo garante boa parte da empregabilidade, mas infelizmente as estatísticas mostram que a mortalidade das micro e pequenas empresas é de 80%”.

Na reunião cada diretoria da subsecretaria de Trabalho teve a oportunidade de apresentar e disponibilizar as atividades e programas que realizam possibilitando um intercâmbio de informações com os parceiros.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Setas