Polí­tica

Foto: Divulgação Vereador Virgílio Azevedo é líder da bancada de oposição ao prefeito de Paraíso Vereador Virgílio Azevedo é líder da bancada de oposição ao prefeito de Paraíso
  • Renan Ferreira Gama é concursado do Município no cargo de Fiscal de Trânsito

O vereador Virgílio Azevedo (PTB), líder da bancada de oposição ao prefeito de Paraíso do Tocantins, Paulo Tavares (PR), fez o uso da palavra no grande expediente na sessão ordinária de ontem, quarta-feira, 2, na Câmara de Paraiso do Tocantins para comentar sobre a Ordem de Serviço da Prefeitura de Paraiso do Tocantins, que desloca o fiscal de trânsito, Renan Ferreira Gama, para trabalhar no Aterro Sanitário na zona rural, fazendo levantamento de trânsito de veículo no lixão, inclusive, anotações de placa e quantos passam pelo local.

No final do expediente, segundo o vereador, o fiscal tem entregar o relatório no Departamento Municipal de Trânsito.

O documento foi assinado pelo Diretor de Trânsito da Prefeitura Municipal no dia 11 de fevereiro de 2011, segundo a assessoria de imprensa da Câmara de Paraiso. “Essa ação é uma humilhação, uma falta de respeito do prefeito com o ser humano, e que além de tudo mostra que é perseguidor”, disse Azevedo.

Para o vice-presidente da Câmara, vereador Leonardo de Deus (PTB), a prefeitura municipal ultrapassou todos os limites.

Renan Ferreira Gama é concursado do Município no cargo de fiscal de trânsito e ontem esteve na Câmara Municipal para comunicar o fato aos vereadores e pedir apoio da Casa durante a sessão legislativa.

Unidade de Saúde

O vereador Virgílio Azevedo ainda falou sobre a questão de um terreno para a construção da unidade de saúde no loteamento do Setor Milena no município. Azevedo informou que esteve com a assessoria jurídica do proprietário do loteamento, buscando mais informações que contradizem com a declaração do Secretário Municipal de Saúde, Dr. Pinho, de que a Prefeitura não dispõe de uma área para construir o prédio para instalar a unidade de saúde naquele setor.

“Independente da autorização do senhor Arnaldo Hagi, proprietário do loteamento do Setor Milena, temos a informação de que o município de Paraíso tem área suficiente para a construção do posto de saúde”, disse o líder da oposição.

A vereadora Hilma Oliveira (PMDB) disse que a informação deixa claro o nível da incompetência da administração de Paraíso do Tocantins.

O presidente da Casa, Lafaete Lobo (PT), ressaltou que esteve com Arnaldo Hagi acompanhado do presidente da Associação de Moradores do Setor Milena em uma comissão formada por agentes de saúde tratando do assunto e buscando apoio do dono do loteamento, que manifestou interesse em ajudar a solucionar o caso.