Estado

Foto: Divulgação

O governo do Estado encaminhou nota à imprensa na noite deste sábado, 20, sobre a redução no preço dos combustíveis em Palmas onde afirmou que aguarda a adesão de outros empresários do setor aos preços mais baixos.

O presidente do Sindiposto, Eduardo Pereira afirmou que não foi chamado pelo governador Siqueira Campos (PSDB) para conversar sobre a redução e questionou os motivos do acordo ter sido feito apenas com um proprietário de posto.

Segundo a nota, a baixa se deu após revisão de planilha dos custos o que resultou na “sensibilização” de alguns donos de postos.

“É importante também ressaltar que o Governo, além de solidário com a população, preocupa com os preços praticados em Palmas, onde a gasolina, o diesel e o etanol são mais caros que nos postos das cidades vizinhas e da BR 153, o que não se justifica, já que o ICMS no Tocantins é um dos mais baixos do País”, consta na nota.

Veja a íntegra da nota encaminhada pelo governo do Estado:

NOTA A IMPRENSA - REDUÇÃO PREÇO COMBUSTÍVEIS

A respeito da redução do preço dos combustíveis, praticada em parte nos postos da Capital, é importante enfatizar que isto é resultado da convocação feita pelo governador Siqueira Campos, que solicitou a revisão da planilha de custos aos donos destes estabelecimentos, atendendo um anseio da população, especificamente dos trabalhadores que tem sua renda a partir dos seus veículos particulares, como mototaxistas e taxistas, e que resultou na sensibilização alguns donos de postos de combustíveis.É importante também ressaltar que o Governo, além de solidário com a população, preocupa com os preços praticados em Palmas, onde a gasolina, o diesel e o etanol são mais caros que nos postos das cidades vizinhas e da BR 153, o que não se justifica, já que o ICMS no Tocantins é um dos mais baixos do País.

Assim, o Governo espera que todos os empresários do setor se envolvam neste processo e baixem os preços cobrados do consumidor.

Por: Redação

Tags: Eduardo Pereira, Sindiposto, Siqueira Campos