Polí­tica

Foto: Divulgação

O comandante geral da Polícia Militar do Tocantins, coronel Marielton Francisco dos Santos, participou, na manhã desta sexta-feira, 25, na sede do 22º Batalhão de Infantaria do Exército, em Palmas, do lançamento da segunda etapa do projeto “Preservando a Vida, Cultivando o Futuro”, uma iniciativa com foco no desenvolvimento social de crianças da Capital. A PMTO é parceira do projeto. O prefeito de Palmas, Raul Filho, e outras autoridades também prestigiaram o evento.

“O projeto é de uma importância muito grande para o futuro dessas crianças e famílias tocantinenses, porque trabalha com a orientação moral, com o desenvolvimento intelectual, com as aptidões físicas dessas crianças, e o Comandante Martins (do 22º BIE) está de parabéns pela iniciativa. O caminho é esse: a prevenção; e a Polícia Militar estará sempre à disposição no que for preciso para o engrandecimento do projeto”, disse o coronel Marielton.

O projeto existe desde o ano passado e de lá pra cá já houve um crescimento de mais de 300% no número de crianças atendidas. Atualmente, são 600 crianças (e suas respectivas famílias) – moradoras do Jardim Taquari, Setor Santa Bárbara e Aureny – assistidas com atividades de futebol, lutas, atletismo, basquete, vôley, música, inclusão digital, reciclagem/artesanato e educação cívica. Todas as atividades são desenvolvidas na sede do 22º BIE.

Um dado interessante do projeto é que ele atua com crianças de regiões periféricas da Capital e em situação de vulnerabilidade social. Segundo o 22º BIE, o ‘Cultivando o Futuro’ tem base “nos parâmetros do projeto Segundo Tempo - Forças no Esporte, do Governo Federal. Os atendidos pelo projeto também recebem alimentação e assistência médica.

De acordo com o comandante do 22º Batalhão de Infantaria do Exército, Coronel Martin, “em breve serão mil crianças atendidas”. Ele enalteceu as parcerias e ressaltou um dos principais objetivos do projeto, o de evitar que essas crianças sejam cooptadas pelas drogas e pelo crime. O evento iniciou com o hasteamento da bandeira do Brasil e execução do Hino Brasileiro e terminou com o plantio de mudas nativas do cerrado, feito pelas crianças junto com as autoridades.

Também estiveram presentes o coronel Lemos, comandante do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins; o major Silva Neto, subcomandante do 1º BPM; o comandante Barros, coordenador geral do programa Segundo Tempo; André Luiz Rodrigues de Souza, procurador-chefe da Advocacia Geral da União no Tocantins; Simone da Silva Rocha, presidente da Fundação Pioneiros Mirins; Kairo Bernardo, secretário de Esportes de Palmas; além de representantes dos governos municipal e estadual e de órgãos federais.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Polícia Militar