Estado

Foto: Divulgação

Mais de 60 instituições sociais de Palmas participaram na tarde de segunda-feira, 28 de uma reunião panorâmica sobre legislação e acesso aos recursos destinados a entidades com objetivos sociais.

Na abertura do encontro o secretário de Trabalho e Assistência Social Agimiro Costa falou do interesse do Governo em firmar convênios e contratos com essas entidades no Estado. “Nossa intenção é estreitar a relação com as Associações, Cooperativas e demais instituições que fazem o papel de colaboradores no combate à pobreza”. Agimiro ainda falou da indignação por parte do governador Siqueira Campos em relação aos índices de Insegurança Alimentar no Estado. “O Tocantins está entre os estados com o maior número de pessoas que passam ou já passaram fome, e nós temos que mudar essa realidade. Contamos principalmente com o apoio de vocês e podem ter certeza que firmaremos muitas parcerias”. Enfatizou Agimiro direcionado aos presidentes das entidades.

Ainda segundo o secretário, na área do trabalho, o governo tem se empenhado para gerar empregos atraindo indústrias para todas as regiões do estado. “Precisamos capacitar e qualificar a nossa mão-de-obra, para que as vagas que vão surgir sejam ocupadas em 100%. A subsecretaria de Trabalho oferece muitas ações e programas gratuitos para as empresas e para os trabalhadores facilitando os serviços de intermediação de mão de obra.

O secretário Omar Hennemann também esteve na reunião e falou a respeito de iniciativas e da importância do papel das Organizações não-governamentais para o crescimento social do Estado. “A essência da vida é servir e nós colhemos tudo aquilo que semeamos”. Omar colocou a secretaria das Oportunidades à disposição das entidades e explicou que com a boa vontade é que os problemas são resolvidos.

Os presidentes e representantes conheceram um pouco mais a respeito dos caminhos para a busca de recursos para co-financiamentos de projetos e tiraram suas dúvidas sobre empreendimentos sociais. “Muitas entidades tem as ideias, mas às vezes sentem dificuldades de por em prática, por isso resolvemos fazer essa reunião”, explicou Josivaldo Veloso, técnico em projetos da Setas – Secretaria de Trabalho e Assistência Social.

Para Xirlene S. Costa Silva presidente da Associação de Mães do Setor Vale do Sol, essa reunião esclareceu muitas dúvidas que ela tinha na elaboração de projetos. A intenção da presidente é de elaborar um projeto na área de geração de renda e buscar recurso junto ao governo do estado. “ A Associação tem três anos, temos 12 associadas, vamos começar a mobilizar as famílias e pretendemos trabalhar na área de geração de renda com cursos de corte e costura, manicura e outras atividades que precisem de cursos rápidos e que tragam renda com maior rapidez”, explicou.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Setas