Opinião

Foto: Divulgação

Sempre tenho questionado os problemas que Palmas vêm enfrentando e na Câmara sou bombardeado, com a alegação que sou “oposição”. Mas será mesmo que o motivo é este? Creio que não, como vereador fui eleito pelo povo para representá-los e lutar por melhorias na qualidade de vida. O que qualquer um pode perceber é a insatisfação da população com a administração.

O assunto que mais se fala nos bares, nas filas, nos pontos de ônibus, escolas, e todo ou qualquer lugar em que a população está, são os buracos. E como não os comentar? Em frente da minha casa como a foto ilustra, existem vários buracos, será que eu poderia também justificar que esses buracos só existem porque eu sou oposição? Este buraco acerca de 4 meses atrás foi recuperado e hoje já está nessa situação, e este não se difere dos demais nas principais ruas da cidade, na própria JK pode-se notar a existência de buracos tão grandes quanto este.

A resposta deve ser dada com a resolução dos problemas. Não se pode justificar culpando a natureza, muito menos se utilizar do símbolo do Tocantins, o Pequi, para dizer que os buracos não vão ser tampados. Isto coloca em risco a vida das pessoas e causa transtornos no trânsito.

Além de pagar impostos com um alto valor, nós ainda gastamos com a manutenção de carro, que acaba se desgastando muito mais.

Nos próximos dias entrarei com uma ação civil pública no Ministério Público para que haja responsabilidade jurídica sob a administração pública. Nós devemos cobrar sim, e porque não buscar nossos direitos, como reza a constituição que diz “somos todos iguais perante a lei”. Pois conclamo a todos para este ato, vamos juntos buscar nossos direitos. Sendo questionado ou não, enquanto representante do povo, não posso me calar, sendo oposição ou não.

*Aurismar cavalcante é vereador de Palmas pelo PP