Estado

O governo do Tocantins já tem o orçamento deste ano aprovado pela Assembleia Legislativa no entanto as secretarias ainda estão definindo a cota mensal que cada uma poderá gastar dentro do repasse geral previsto.

Falando sobre o assunto ao Conexão Tocantins o secretário da Fazenda, Sandro Rogério, frisou que os secretários ainda estão levantando as demandas e prioridades necessárias. “Eu fiz um documento para cada pasta pedindo as necessidades e prioridades”, frisou.

A intenção do governo é liberar no dia 10 de cada mês a cota mensal fixa para cada pasta. Por enquanto cada pasta está recebendo apenas o necessário para suprir as despesas fixas como telefone, luz e outras.

O secretário aguarda posicionamento dos outros secretários ainda sem previsão para depois despachar com o governador Siqueira Campos (PSDB) sobre o assunto.

O estabelecimento da cota, segundo o secretário, ajudará principalmente o governo a definir as necessidades do remanejamento no orçamento em algumas áreas.

A Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão Pública é a responsável pela gestão e repasses do orçamento.