Polí­tica

Foto: Divulgação

A presidente Nacional do PR Mulher, Nilmar Ruiz, declarou total apoio ao Projeto de Lei que tramita no Senado que garante às mulheres percentuais mínimos em representações nos conselhos de administração de empresas públicas, de sociedade de economia mista, subsidiárias e controladas pela União. O projeto foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC), nas 508 empresas listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) existiam, em 2009, 3,6 mil cargos de conselheiros. Desse total, 234 eram ocupados efetivamente por mulheres e mais 85 reservados a suplentes.

“As mulheres hoje são maioria nas universidades e têm buscado se qualificar mais profissionalmente. Porém, as mulheres são minoria nos cargos de comando. Esse projeto vai contribuir para mudar essa realidade”, avalia Nilmar.

Nilmar entende que o sistema de cotas ainda é importante, por ser a forma mais rápida de se reduzir as grandes desigualdades entre os gêneros, principalmente no que de refere as instâncias de decisões.

A presidente Nacional do PR Mulher vai se reunir com os senadores do partido para pedir apoio na aprovação do projeto.

A matéria será votada em caráter terminativo na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e, se aprovada, vai à apreciação da Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei prevê um aumento gradual na representação até atingir os 40% em 2022. Pelo escalonamento proposto, a partir de 2016 as empresas públicas teriam que contar com um mínimo de 10% de mulheres em seus conselhos.

Fonte: Assessoria de Imprensa/PR Mulher

Por: Redação

Tags: Nilmar Ruiz, PR Mulher, Projeto de Lei