Polí­tica

Foto: Divulgação Vice-governador João Oliveira pode continuar no comando do partido no Tocantins Vice-governador João Oliveira pode continuar no comando do partido no Tocantins

O vice-governador João Oliveira (DEM) informou através de nota à imprensa que deixou os quadros do Democratas assim como a senadora Kátia Abreu (DEM) e outros nomes do partido no Tocantins.

O Vice-governador alega ainda que não sentiu segurança e real apoio para continuar no Democratas e na presidência da executiva estadual do partido, consta na nota. Veja abaixo a nota na íntegra.

NOTA À IMPRENSA

O vice-governador do Tocantins, João Oliveira, informa que enviou na última quarta-feira, 27, ao presidente Nacional do Democratas, senador José Agripino Maia, um documento comunicando sua saída do Democratas, partido que ingressou em 2006.

Mesmo tendo manifestado o interesse de permanecer no partido, frente à presidência da executiva regional, a decisão do Vice-governador foi tomada de forma clara e sem nenhuma associação de ordem pessoal, porém apenas uma constatação que sua trajetória no Democratas chegou ao fim.

O Vice-governador alega ainda que não sentiu segurança e real apoio para continuar no Democratas e na presidência da executiva estadual do partido.

João Oliveira ressalta que lamenta ter que deixar o partido para qual teve a imensa satisfação de fazer parte e de presidir a executiva regional no Tocantins, sempre com respeito e transparência para com todos os membros.

Após seu empenho de permanecer no DEM, o vice-governador, João Oliveira, afirma que a sua saída do partido é a melhor decisão política a ser tomada no momento e que agora se sente à vontade para buscar sua filiação junto ao Partido Social Democrático – PSD.

Por fim, o Vice-governador reitera seu respeito ao Democratas e agradece a parceria estabelecida durante o período que esteve na presidência executiva regional do partido.

Por: Redação

Tags: Democratas, João Oliveira, Kátia Abreu