Polí­cia

Iniciada no último dia 14 de abril no norte do Tocantins, a Operação Tocantins Contra o Crime concluiu, às 19h desta sexta-feira, 29, a sua segunda etapa, na área do 4º BPM, atendendo aos municípios de Gurupi, Araguaçu, Alvorada e Palmeirópolis (dias 28 e 29/04). Já haviam sido atendidas as cidades de Araguaína, Xambioá, Tocantinópolis e Ananás. A operação é uma ação do Comando Geral da PMTO, por meio do CPI – Comando do Policiamento do Interior, e conta com as parcerias da Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os dados parciais dessa segunda etapa são os seguintes: 578 veículos abordados, 11 infrações de trânsito, 440 pessoas abordadas/revistadas, 03 apreensões de drogas e entorpecentes, 1 crime ambiental e 1 crime de trânsito. Um dado interessante é que não foram apreendidas armas, nem de fogo nem branca.

Após levantamentos do Serviço de Inteligência do 4º BPM e com ajuda de cães farejadores do GOC – Grupo de Operações com Cães/CIOE, os policiais desmantelaram uma “Boca de Fumo” no setor Santa Rita (Gurupi) e prenderam Vagner Martins Amorim, 30 anos, conhecido na região sul do Estado por entregar a droga em domicílio através de um serviço conhecido na cidade como Disk Crack. Após abordagem de um veículo pálio cor branca, foram localizados aproximadamente 200g de substância entorpecente (crack). Na residência do autor foram encontrados uma balança de precisão, quantia em dinheiro e aparelhos celulares. Amorim foi conduzido à DP para as providências cabíveis.

Após abordagem feita no posto da PRF em um ônibus da empresa Hélios, foram localizados três animais abatidos (tipo cotia) no interior do bagageiro do veículo. O acusado, Marco Ribeiro Marques, foi autuado por crime ambiental e encaminhado à autoridade competente. Numa outra abordagem a dois veículos, os policiais encontraram no interior dos mesmos uma pequena quantidade de substãncia entorpecente (tipo maconha). Os condutores foram apresentados à autoridade policial para as providências legais.

O crime de trânsito (embriaguez ao volante), em desfavor de Ricardo Vieira Gervásio, foi registrado após abordagem dos policiais ao veículo que o mesmo conduzia. Após o teste do bafômetro, o mesmo foi conduzido à DP. De acordo com o comandante do CPI, coronel Gilberto Nogueira, “o policiamento relativo à Operação atingiu o objetivo proposto satisfatoriamente. (...) atuando ativamente com o intuito de transmitir à população segurança e confiança nas ações policiais”.

A Tocantins Contra o Crime está dividida em oito etapas, que serão concluídas em julho deste ano. A terceira fase da Operação ocorrerá na área da 4ª CIPM, nos próximos dias 12 e 13 de maio, nos municípios de Araguatins e Augustinópolis.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ PM