Campo

Foto: Divulgação

Produção de caju, criação de ovinos e apicultura. Tudo na mesma área. Será que é possível? O professor doutor da Unitins Pedro Alves de Moura mostrou na prática hoje no primeiro dia de campo da Agrotins 2011 que a integração das três culturas não só é possível, mas também rentável para o produtor. O dia de campo aconteceu na área onde essa integração já é desenvolvida, poucos metros antes da entrada principal da feira.

De acordo com o professor explicou a importância da integração também está na questão econômica. Ele diz que se o produtor plantar só caju, só vai ter uma fonte de renda durante o ano, com a venda da polpa e da castanha. Mas se trabalhar também com apicultura, a renda aumenta, já que uma caixa rende cerca de 40 litros de mel por ano, sendo cada litro de mel cerca de R$ 20. Além disso, segundo o professor, o produtor também pode criar ovinos, que em seis meses já rende R$ 100. Lembrando que todas essas culturas podem ser desenvolvidas na mesma área.

Energia limpa

Mas o que chamou a atenção de dois produtores de Taquaruçu Grande que participaram do dia de campo foi a energia limpa usada para cercar a área usada para integração, a energia solar. Salomão Pereira de Freitas e José Ferreira da Silva se impressionaram com a possibilidade de usar energia solar para eletrificar a cerca.

O professor Pedro explicou que a energia vem de uma placa que capta a energia solar, transfere para uma bateria, que, por sua vez, emite para cerca. Mas o professor ressalta que a eletrificação é baixa. “É apenas para o ovino se assustar e não fugir”, disse ele, acrescentando que o produtor pode confinar os animais três dias no aprisco com cerca para ele se adaptar melhor. A cerca, explica o professor, tem altura de aproximadamente 80cm ligadas a estacas com distância entre uma e outra em 8 metros. São cinco espécies de fios, intercalando com um eletrificado e outro não.

Além dos produtores, estudantes da Escola Estadual Brigada Che Guevara, de Monte do Carmo, também participaram do dia de campo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Unitins