Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Marcelo Lelis (PV) participará da II Conferência Internacional de Cidades Inovadoras que acontece entre os dias 17 e 20 de maio, em Curitiba – PR.

A CICI2011 faz parte do Programa Cidades Inovadoras e tem como objetivo discutir caminhos para a construção de realidades urbanas mais prósperas, inovadoras e humanizadas.

Criado pelo Sistema FIEP - Federação das Indústrias do Estado do Paraná, o programa é um movimento articulado em rede que promove e apóia ações com foco na sustentabilidade. Entre as principais ações desenvolvidas pelo programa Cidades Inovadoras, está o projeto “Curitiba 2030”, que busca soluções diferentes para os problemas da cidade, fazendo com que a população local tenha oportunidade de desenvolver alguma ação visando a melhoria da qualidade de vida.

Para a elaboração desse projeto, mais de 200 especialistas, de diversas áreas do conhecimento, foram convidados a formular uma visão sobre o futuro ideal para Curitiba, sugerindo ações que venham a transformar a capital do Paraná em uma cidade desenvolvida, sustentável, com alta qualidade de vida.

Segundo o deputado Marcelo Lelis, o evento é uma oportunidade de “conhecer ações modernas, criativas e inovadoras aplicadas em outras cidades e com isso iniciar uma preparação para a discussão do plano do Partido Verde para a capital Palmas” destacou.

A II Conferência Internacional de Cidades Inovadoras pretende reunir três mil participantes e contará com a presença de especialistas e pensadores renomados dos cinco continentes do mundo. Juntos, irão discutir sobre como as experiências de diferentes regiões do mundo podem ser positivas para o progresso das cidades.

Na ocasião, serão ministradas palestras como Um panorama inovador e sustentável para cidades brasileiras, O Reflorescimento das Cidades, Cidade-Rede e Redes de Cidades, Cidade Geradora de Energia Limpa, O Futuro das Cidades e as Cidades do Futuro, Como tornar uma cidade inovadora, entre outros assuntos e atividades.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Marcelo Lelis