Polí­tica

Em nota envida à imprensa nesta terça-feira, 17, o presidente da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (Faet), Júnior Marzola, comunicou sua desistência na disputa pela reeleição da entidade e afirma que sua decisão visa o fortalecimento do setor Agropecuário no Estado.

Também por meio de nota a senadora Kátia Abreu manifestou respeito à decisão do atual presidente da Faet. Confira abaixo as notas na íntegra.

"Comunicado

O ano de 2011 marca uma data importante para o Sistema Sindical Rural no Tocantins pois é deflagrado o processo para as eleições para Diretoria e Conselho Fiscal da FAET.

Tendo em vista o crescimento do Sistema através das duas Diretorias que presidir, tanto no primeiro mandato como interino, quanto no segundo como presidente efetivo, um grupo de Presidentes de Sindicatos Rurais iniciaram as discussões para a formação de uma chapa que representasse a maioria dos sindicatos tendo como base as cinco Regiões Representativas do Estado.

Tais discussões culminaram na formação de uma chapa presidida por mim para concorrer as eleições na FAET triênio 2011/2014, que foi devidamente Registrada no dia 08 de Abril de 2011.

A partir deste dia entramos de corpo e alma no Processo Eleitoral acreditando que sempre poderia e posso contribuir para o desenvolvimento do nosso Setor , tanto no Tocantins , quanto na Amazônia Legal por que não dizer.

É importante ressaltar o sentimento nobre e de unicidade sindical da maioria dos membros de nossa chapa que entenderam que um setor como o nosso que nos últimos anos passou a ser considerado o grande vilão de todas as mazelas do mundo, não poderia jamais estar desunido neste momento.

Na busca de um consenso que, via de regra só traz vantagens para todos, foi possível contar com a interveniência de um grande companheiro e que há anos labuta como nós em prol da agropecuária tocantinense, o Sr. Ruíter Luiz Andrade de Pádua, secretário executivo da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, o ex-presidente da Faet, Nasser Yunes, entre outros, que conduziram com extrema habilidade as negociações que culminaram no cancelamento oficial de nossa candidatura a partir de hoje, através do oficio chapa 01, n º 04/2001, protocolizado junto a comissão designada para conduzir o processo eleitoral.

Sendo assim, a partir deste momento as Eleições para a Diretoria e Conselho Fiscal de nossa entidade terá apenas uma chapa, agregando novamente todos os companheiros visando sempre o fortalecimento do setor Agropecuário de nosso Estado e que sempre foi a Premissa que mais pautei durante os anos que tive a honra de Presidir o Sistema FAET/SENAR-AR-TO/Sindicatos Rurais.

Atenciosamente,

Ângelo Crema Marzola Junior
Presidente da Faet/Senar"

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

ELEIÇÕES FAET

NOTA AOS PRODUTORES RURAIS

A senadora Kátia Abreu, em nome de todos os componentes de sua chapa nas Eleições 2011, da Federação da Agricultura do Estado do Tocantins vem, de público, manifestar o respeito à decisão do atual presidente da FAET, Junior Crema Marzola Junior e seus apoiadores de, democraticamente, abrirem mão da disputa em prol de sua candidatura à presidência da entidade, abrindo caminho para um consenso que, certamente, com a união de todos, fortalecerá ainda mais a Federação da Agricultura do Estado do Tocantins, orgulho de todos os produtores rurais tocantinenses.

Palmas, 17 de maio de 2011

Kátia Abreu

Senadora da República

Por: Redação

Tags: faet, Júnior Marzola, Kátia Abreu