Campo

Foto: Juliano Ribeiro

Todas as estimativas propostas pela coordenação da 11ª edição da Agrotins foram superadas segundo infomações da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário (Seagro).

Uma das maiores surpresas da feira deste ano foi o volume de negócios, que alcançou R$ 180.843.810,00 já que a expectativa era de apenas R$ 70 milhões, ou seja, um índice de 158,34% acima do estimado. Outro número que também chamou atenção foi o número de visitantes. Com a participação de 68.928 pessoas, a previsão que era de 46 mil foi superada em 49,84%.

Para o coordenador de Desenvolvimento Tecnológico da Seagro, Fernando Garcia, foram várias as razões que justificaram o sucesso da Agrotins, dentre elas o “bom momento” do agronegócio no Tocantins. “Esta já é a 11ª edição ininterrupta da feira, que se tornou tradição para o setor produtivo”, completou.

Fernando Garcia, que atuou na coordenação da Agrotins, também pontuou como fatores positivos a participação efetiva das empresas do setor privado e dos diversos órgãos do setor público na construção da feira. “O secretário da Agricultura [Jaime Café] conseguiu uma grande mobilização das outras secretarias e órgãos do Governo e com isso a Agrotins deste ano foi muito movimentada”, avaliou Garcia.

Outros números da Agrotins 2011 também chamaram atenção, como o total de expositores, que foi de 428 (cerca de 20% maior que a meta de 360). O número de veículos esperados para a feira este ano era de 18 mil, mas ao final dos cinco dias, 19.812 veículos haviam passado pelo Centro Agrotecnológico de Palmas – 10% a mais que a meta.

O montante investido pela iniciativa privada também foi maior que o esperado. Ao todo foram aplicados R$ 5 milhões e a meta era de R$ 4,2 milhões. O faturamento econômico com os serviços gerados a partir da feira, como hotéis, locadoras de carros e restaurantes foi de R$ 3,5 milhões, 9,37% a mais do que a expectativa que era de R$ 3,2 milhões. A Agrotins 2011 aconteceu entre os dias 10 e 14 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas.

Fonte: Assessoria de Imprensa Seagro