Educação

Foto: Divulgação

As necessidades e propostas sugeridas pelas escolas do Tocantins para o aprimoramento da educação no Estado foram apresentadas na segunda-feira, 24, para os diversos setores da Seduc - Secretaria Estadual de Educação. As demandas das Diretorias Regionais de Ensino - DRE, e das unidades escolares foram aferidas durante o monitoramento realizado pela Coordenadoria de Supervisão Educacional da Seduc que percorreram as 13 DREs entre os dias 10 de abril a 6 de maio.

Dentre as solicitações das escolas a mais recorrente foi quanto à estrutura física dos prédios, demanda que segundo a Coordenação, o governo do Estado quer atender o mais rápido possível. Durante o monitoramento as unidades escolares avaliaram como positiva a nova postura da Seduc, de acompanhar de perto as ações, além de abrir espaço para que os gestores possam participar das decisões relacionas à pasta.

De acordo com a supervisora Educacional da Seduc, Luciana Alencar, que acompanhou as equipes no monitoramento, a socialização com os setores responsáveis tem por objetivo “dar agilidade às demandas das escolas e diretorias, direcionando para cada departamento os pedidos e sugestões referentes a eles com a finalidade de desburocratizar o processo e aproximar a escola da Secretaria de Educação, o que é uma prioridade para a nova gestão”, explicou.

Segundo a supervisora após a socialização com os envolvidos, o próximo passo é dar o retorno aos questionamentos das unidades escolares e DREs, buscando atender todas as solicitações. “A meta da Seduc é que o monitoramento seja feito bimestralmente, já que a Supervisão Educacional é o setor responsável pela articulação entre escola, DRE e Seduc”, esclareceu.

Fonte: Ascom Seduc