Campo

Foto: Divulgação

Para discutir parcerias de projetos a serem implantados no Tocantins, o secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, o secretário executivo, Ruiter Pádua, e o subsecretário de Energias Limpas, Ailton Araújo, participaram, ontem em Brasília (DF) de uma reunião com representantes da Embaixada do Reino Unido. “A reunião foi produtiva, fomos bem recebidos e a embaixada garantiu empenho em buscar instituições britânicas que tenham interesse em financiar os projetos”, disse Pádua.

O contato já havia sido estabelecido anteriormente quando representantes da Embaixada visitaram o Estado e sinalizaram possibilidade de firmar parcerias, para desenvolvimento de projetos para produção de energia renovável e na área de piscicultura. Foram apresentados dois projetos: Programa de Sustentabilidade Energética – busca formas alternativas de energia para fornos e caldeiras de empresas industriais, que prevê a substituição de carvão vegetal nas cerâmicas do Estado, por produtos como o capim elefante, casca de arroz e resíduos de madeira, dentre outros.

E o Programa de aproveitamento de esgoto para energia e produção agrícola (biogás), que tem por objetivo promover o desenvolvimento socioeconômico, implantar e fomentar um sistema de apoio integrado ao desenvolvimento de energias limpas. Para a execução do projeto piloto é necessário um investimento de US$ 2,8 milhões. Outros assuntos foram tratados durante o encontro, como a busca de parcerias para elaboração e publicação do Atlas Eólico e Solar do Estado do Tocantins e sobre o projeto de aquecimento de água para tratamento de frutas.

Durante o encontro a embaixada formulou convite para que o Estado do Tocantins participe, de 4 a 7 de junho de 2011, de uma missão para conhecer as tecnologias de tratamento de esgoto e lixo aplicadas em pequenas cidades do Reino Unido.

Fonte: Ascom Seagro