Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil prendeu, na véspera do dia dos namorados, dia 11, no município de Arraias do Tocantins, 10 pessoas acusadas de tráfico de drogas. A ação, denominada Operação OSSAIM (Ossaim é o orixá das ervas, entidade Africana), teve o objetivo de combater o tráfico de drogas naquela região.

As investigações que culminaram nas prisões, duraram aproximadamente três meses e foram coordenadas pela 9ª Delegacia Regional de Polícia de Arraias, que tem como Delegado Regional o Dr. Ronan Souza. A Operação contou com a participação de mais de 30 Policiais, entre Civis e Militares, e contou com a importante participação de militares da 1ª CIPM e de Policiais Civis, além de duas equipes com cães farejadores do GOC, de Gurupi.

Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidas várias motocicletas que eram utilizadas na prática do crime e ainda aparelhos celulares, dinheiro, arma, anotações do tráfico e droga, e também as substâncias de maconha, cocaína e crack.

De acordo com o delegado Ronan Souza, 10 pessoas foram presas e procedida busca e apreensão em pelo menos 11 residências. “Todos os detidos são acusados de praticar o mercado de entorpecentes em Arraias e cidades vizinhas, sendo considerados os maiores traficantes da região”, disse.

Conforme Ronan, alguns acusados usavam a profissão de moto taxista como disfarce para efetuar um verdadeiro “tele entrega” de crack, maconha e cocaína diretamente nas casas dos usuários. Outros, eram responsáveis por importar a droga da cidade de Goiânia e repassá-la aos demais traficantes de Arraias.

Presos

Foram presos: Valdomiro Júnior José Luiz, vulgo “Juninho”, nascido aos 10-09-89; Francisco Ribeiro dos Santos, vulgo “Chico”, nascido aos 15-12-1984; Laerte Carlos dos Santos, nascido aos 27-11-1998; Moacy Ribeiro dos Santos, vulgo “Mucura”, nascido aos 10-04-1987; Ivanei Bispo da Costa, vulgo “Tim”, nascido aos 22-09-88; Jucelino Rodrigues da Silva, vulgo “Juca”, nascido aos 05-04-1983; João Filho Costa José Luiz, vulgo “Joãozinho”, nascido aos 30-11-1987; Roberto Francisco de Carvalho, vulgo “Hip Hop”, nascido aos 25-09-1983; Rafael Teixeira de Oliveira, nascido aos 12-07-1992 e Lorena Oliveira Tavares, esta última de 18 (dezoito) anos e grávida de 07 (sete) meses.

Operação Ossaim

Além dos acusados presos no sábado, foram presos nos últimos dois meses, decorrente da mesma operação, Juveni Machado Leite, 32 anos, com 10 (dez) pedras de tamanho médio de crack que seriam levadas para abastecer o mercado ilícito na cidade de Conceição do Tocantins e Gizely de Souza Barbosa, de 27 anos.

Gizely foi presa em flagrante ao tentar transportar para Arraias, vindo de Goiânia, cerca de 100 gramas de crack, além de porções de maconha e cocaína. Na ocasião da prisão, ela estava em um ônibus, acompanhada de seu filho de 05 (cinco) anos. A Polícia Civil encontrou uma pequena porção de maconha e cocaína escondidas no sutiã da Gisely e na Delegacia após busca minuciosa, foi encontrada ainda, ocultada no interior de suas partes intimas uma barra de crack de aproximadamente 100 (cem) gramas.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ SSP

Por: Redação

Tags: Ossaim, Polícia Civil, Ronan Souza