Estado

A etapa estadual da 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social – CONSOCIAL, que será realizada em maio de 2012 com o tema será “A Sociedade no Acompanhamento e Controle da Gestão Pública”, teve início na tarde desta quinta-feira, 16, com assinatura de decreto no Palácio Araguaia. O Tribunal de Contas vai integrar a comissão organizadora do evento, que começa a se preparar no fim de junho.

A servidora Juliana Arraes, da Ouvidoria do TCE, esteve na assinatura do decreto e afirma que “o Tribunal de Contas estimula a participação social no acompanhamento da gestão pública. Isso pode ser percebido pelo Portal do Cidadão que disponibiliza, com transparência, todos os atos dos gestores”.

Além disso, a servidora explica que a Corte de Contas está ligada ao tema do evento pela missão institucional, que trabalha o exercício do controle social. “A concretização desse ideal se dá por meio da Ouvidoria, que é um espaço onde a sociedade pode encaminhar todas as suas manifestações, sejam denúncias, reclamações ou dúvidas”, enfatizou.

O controlador geral do estado, Éldon Manoel Barbosa Carvalho, afirma que o TCE será um grande parceiro na etapa estadual: “O Tribunal de Contas avançou muito no quesito transparência e os técnicos estão bem preparados no conhecimento da área de controle”.

David Lemos Rosa, chefe da controladoria geral da União no Tocantins, destaca a importância da Corte de Contas na participação do evento, “pois, por meio do controle social, tem ajuda a população a fiscalizar as contas públicas”, finalizou.

Conferência

A 1° Conferência Nacional sobre Transparência e Controle Social- CONSOCIAL tem como objetivo principal promover a transparência pública e estimular a participação da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública, contribuindo para um controle social mais efetivo e democrático.

Em âmbito nacional será realizada entre 18 e 20 de maio de 2012, em Brasília. No Estado do Tocantins, os municípios serão agrupados em 15 cidades-polo, e as conferências vão acontecer conforme cronograma a ser definido.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ TCE